Falar de por onde começar a ler a Bíblia para mim é muito gratificante, pois um dia eu também iniciei, e desde este encontro com a Palavra de Deus então minha vida nunca mais foi a mesma, foi tudo melhor! E como eu sei que há muitas pessoas que ainda estão começando também, estou certo que este artigo irá ajudar muito 🙂.

Abandonando toda a malícia, e todo o engano, e hipocrisias, e invejas, e toda a maledicência. Como bebês recém-nascidos, desejai o leite sincero da palavra, a fim de que assim possais crescer, (1 Pedro 2:1-2 KJF)

1ª Dica: Oração, estudo e a versão bíblica a ser usada.

Logo no primeiro dia que eu ouvi a Palavra de Deus que me convenceu de meus pecados contra Ele, eu procurei a Bíblia que eu tinha em casa para começar a ler. Entretanto, antes de ler, eu sempre fazia uma oração a Deus reconhecendo que eu não sabia nada, e por isso minha total dependência dele para entender o Seu livro (isso acontece até hoje).

O temor do ­SENHOR é o princípio da sabedoria, e o conhecimento do santo é o entendimento. (Provérbios 9:10 KJF)

Outra coisa de extrema importância que não deve ser ignorada, mas tem sido por não poucos irmãos em Cristo, não por negligência deles, mas por desconhecimento de alguns fatos, é a versão da Bíblia que você deve usar.

Muitos estão se tornando adeptos das versões modernas como NVI, NTLH, NAA etc., pois estas são relativamente mais fáceis de ler, mas como eu disse, isto é porque infelizmente desconhecem os problemas que infelizmente há no seu texto, em especial no Novo Testamento.

As diferenças dos textos entre as versões da Bíblia Sagrada é assunto para se aprofundar outra hora, se quiser leia estudos que eu já escrevi sobre as traduções da Bíblia aqui no blog, mas a minha recomendação é que use por padrão uma dessas versões: King James Fiel, Almeida Corrigida Fiel ou pelo menos Almeida Revista e Corrigida, nessa ordem, e que as versões modernas sejam utilizadas apenas para comparativo, para alcançar melhor entendimento onde houver dificuldades de compreensão.

2ª Dica: Definição de metas e qual melhor horário.

É importante você separar horários exclusivos para leitura, estudo e reflexão da Bíblia Sagrada, além de um local adequado que te possibilite concentrar-se melhor, assim entenderá melhor, terá um tempo para fazer uma pesquisa e decorar melhor os textos, devido estar lendo com mais atenção.

Portanto, tente se desfazer de toda distração, este tempo será exclusivo para meditar na Palavra do SENHOR.

Eu particularmente considero o smartphone uma excelente ferramenta de pesquisa e estudo, eu mesmo o uso muito, mas nada substitui aquele momento gostoso em que me assento no meu cantinho com a Bíblia nas mãos para começar a lê-la, acompanhado de um livro, dicionário ou comentário bíblico, ou lendo diretamente na minha Bíblia de estudo.

Do meu ponto de vista, Deus se agradará de nós se demonstrarmos para Ele que paramos tudo por um momento só para começar a ler a Bíblia, e dar toda atenção ao que Ele tem para nos ensinar através de sua Palavra.

Portanto, se fizer isto com um estudo devagar, mas organizado e persistente das Escrituras, tenho certeza que aprenderá muito e continuamente.

Existe um provérbio latino que diz: “Festina lente!”, isto é, “Apressa-te devagar!”

Um progresso lento, mas persistente, é fundamental para aprender como ler a Bíblia corretamente e desfrutar de suas lições práticas de vida.

A persistência acompanhada de uma leitura atenciosa aos detalhes é fundamental para o bom entendimento bíblico.

Se você está pensando em começar a ler a Bíblia, mas já imagina que vai parar logo nas primeiras dificuldades, ou seja, não vai perseverar, é melhor mudar este pensamento (leia Tg 1:5-8).

Por isso, em primeiro lugar, você deve organizar seu tempo de leitura bíblica, e nesta questão eu suponho que observe dois horários em especial: manhã e noite!

Uma vez alguém compartilhou comigo que mal conseguia começar a ler a Bíblia no fim do dia e já vinham várias coisas para atrapalhar, como distração com as crianças, tarefas de casa, sono e cansaço do dia de trabalho, etc.

Então eu sugeri o seguinte: “Por que você não muda o horário de leitura da Bíblia? Comece a ler de manhã bem cedinho, enquanto todos ainda estão dormindo, levante-se e leia!”

A ideia para tal pessoa foi maravilhosa!

De manhã sua mente estará descansada e não terá passado por aquele turbilhão de afazeres do dia a dia em casa e no trabalho, está “fresquinha” para receber conteúdo novo, e além disso você terá uma reflexão para o dia (Sl 1:2).

Também é interessante ler a Bíblia antes de dormir, se possível, para que seus últimos pensamentos do dia sejam em Deus e em sua Palavra (Sl 16:7).

Daí então cada pessoa deve adaptar isso à sua rotina e verificar quais são as melhores possibilidades de leitura com atenção.

Oh, como amo a tua lei! É a minha meditação todo o dia. (Salmo 119:97 KJF)

3) Por qual livro começar a ler a Bíblia?

Para todo cristão, mas principalmente para o novo convertido, é fundamental começar a ler a Bíblia pelo Novo Testamento, pois não há nada mais importante para o filho de Deus que conhecer a vida, a história e os ensinamentos de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Eu mesmo, quando me converti, comecei pelo Novo Testamento também.

Eu tinha somente uma pequena Bíblia contendo o Novo Testamento, Salmos e Provérbios, e lia 1 capítulo sempre antes de dormir; com pouco tempo fui aumentando essa frequência de leitura.

Você já deve ter visto uma Bíblia dessas, não é verdade?!

Portanto, a ordem para ler a Bíblia que eu sugiro é esta:

    • Evangelho de João: é importante começar por este livro porque tem ensinamentos fundamentais de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo sobre o amor de Deus, também sobre fé e salvação.
    • Evangelho de Lucas: este contém muitas informações sobre a vida de Cristo, em sua maioria em ordem cronológica dos acontecimentos.
    • Atos dos apóstolos: conhecer a história da igreja e como esta começou é indispensável, além de aprender como os apóstolos viviam a vida cristã.
    • Romanos: uma carta fundamental que tem quase todos os ensinamentos básicos da fé cristã e de nossa vitória sobre o pecado, através de Cristo.
    • Salmos: A carta aos Romanos tem algumas citações de Salmos, assim como os livros lidos anteriormente. Nos Salmos você aprenderá muito sobre oração e relacionamento com Deus.
    • Evangelho de Mateus: Muitos salmos são profecias bíblicas a respeito da vida do Senhor, portanto lendo este evangelho agora você vai assimilar mais coisas ainda.
    • Gálatas e Efésios: A vida cristã avança para a santidade, essas cartas vão te ensinar muito sobre a conduta que você deve ter agora como cristão.
    • Evangelho de Marcos: O menor dos evangelhos, com 16 capítulos, que vai te dar mais algumas informações além dos outros e te recordar do que já leu antes.
      Filipenses, Colossenses, 1ª e 2ª Tessalonicenses: Aqui você terá mais conteúdo a respeito da fé, vida e conduta cristã.
    • 1ª João: Os ensinamentos nessa carta são indispensáveis. O apóstolo João fala muito sobre como devemos agir para com nossos pecados, dá uma baita lição sobre amor a Deus e ao próximo, o cuidado com os falsos profetas, importantes ensinamentos sobre a fé e culmina com atenção contra a idolatria.
    • 1ª e 2ª Pedro: Os ensinamentos do apóstolo Pedro também são muito importantes, até porque ele foi um dos principais escolhidos de Cristo.
    • Tiago: A carta do apóstolo Tiago é diferenciada por seu conteúdo direto e desafiador; é tudo ou nada!
    • Provérbios: Aqui há verdadeiras lições de sabedoria que você deve carregar por toda sua vida.
    • Gênesis, Êxodo e adiante, até o Novo Testamento na sequência.

Existe um outro provérbio latino que diz: “A repetição é a mãe de todo conhecimento”.
Por isso, é importante que você leia e persista em ler, mesmo que leia pouco, mas leia continuamente e de maneira organizada, além de refletir no que aprendeu com o que foi lido, claro.

Esta não é uma forma absoluta de como ler a Bíblia na ordem correta, mas sim lê-la de maneira produtiva e persistente.

Mas sobre tudo lembre-se que ler por ler, sem o compromisso de ter comunhão com Deus e praticar sua Palavra, não vai lhe ser útil, e ainda acaba por ser algo muito perigoso (Mt 7:24-27).

No início, quando comecei a ler as Escrituras (novembro de 2006), haviam muitas coisas que eu não entendia, pois muitas vezes Jesus falava por metáforas e parábolas. Eu cheguei até a pensar que iam ter pessoas sem partes do corpo no céu 🙄 (Mt 18:8-9).

Mas meu interesse era grande, e minha vida estava mudando, porque eu estava lendo com a intenção de trazer Cristo para dentro do meu coração.

A boca do justo fala sabedoria, e sua língua fala de juízo. A lei do seu Deus está no seu coração; nenhum de seus passos escorregará. (Salmo 37:30-31 KJF)

Eu também fazia uso do dicionário de português e revistas da escola bíblica dominical para me auxiliar no estudo da Bíblia.
Além disso, eu sempre fazia perguntas ao meu pastor ou a outro irmão mais estudado e maduro quando eu não entendia algum texto, e isso me fez crescer e amadurecer muito no entendimento da Bíblia e de Deus. Faça o mesmo!

O tira-dúvidas pessoalmente é bem melhor para se ter um diálogo mais eficaz, todavia se não tiver ninguém que possa lhe ajudar pessoalmente, sempre haverá alguém distante, por meio da internet. Procure por pessoas sinceras, que não escondem seu testemunho de vida e que são aplicadas e dedicadas a Deus.

Eu também gostava de ouvir os debates bíblicos na rádio 93 ou Melodia, algumas vezes isso te ajudará muito também.

Felizmente hoje nós temos muitas soluções e ferramentas ao nosso alcance para facilitar o estudo da Bíblia, o que nos falta é organização, perseverança, oração, e submissão ao Espírito de Deus para entender o que Ele quer transmitir por meio das Escrituras (2 Pe 1:21; 2 Tm 3:16).

Nos Smartphones temos todas as versões da Bíblia que precisamos, e pesquisas instantâneas também. Mas mesmo assim é bom evitar distrações durante a leitura, desligando o wi-fi, e se possível usar uma Bíblia impressa mesmo.

Eu acho intrigante como temos todo o conhecimento em mãos, mas ainda assim estamos em uma era que o povo sofre tanto da carência de conhecimento e maturidade. Porém, mesmo no passado já era assim (Os 4:6).

Isto é porque conhecimento por conhecimento não basta, mas sim a direção de Deus e comunhão com Ele é que vai nos completar.
O temor do Senhor é o princípio do conhecimento; mas os loucos desprezam a sabedoria e a instrução. (Provérbios 1:7 KJF)

Talvez você também queira conhecer esta ferramenta de auxílio que também ajudará muito:

Se este estudo foi edificante para você, compartilhe-o com seus irmãos em Cristo!

Texto: Bíblia se Ensina

Texto adaptado por O Leão de Judá

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS