Na última terça-feira (23), a dor e a inquietude pelo isolamento a que estão relegados em virtude da maior pandemia que já afligiu o planeta Terra fez com que muitos internautas entrassem em êxtase, da mesma forma que o apóstolo João no Apocalipse. Correndo para as redes sociais, numa comunhão de corações e mentes, postaram: “o mundo está acabando”.

Certamente, muitas das notícias dos telejornais de ontem ajudaram a reforçar a percepção de que alguma coisa muito incomum, embora natural, esteja em curso. Vamos analisar juntos alguns sinais que deveriam merecer a atenção de todos.

1. A peste (covid-19)

a 24183850941043 300x150 - 5 sinais de que o fim do mundo está mais próximo do que pensamos
Fonte: World News/Reprodução

Provavelmente já se falou tudo sobre o novo coronavírus. Porém, uma questão ainda permanece um mistério: por que um vírus, com o qual já tínhamos contato através do meio ambiente, sofre de uma hora para outra uma mutação que o leva a se hospedar de forma mortal no corpo humano, a se reproduzir e a se transmitir?

“E eu vi, e eis um cavalo branco” — afirma o Livro do Apocalipse sobre o Cavaleiro da Peste, afirmando que ele é o mais seguido de todos. Quando escrevemos sobre esses sinais, os contaminados por covid-19 no mundo já atingem a marca de 9,3 milhões de pessoas.

2. Clamores, relâmpagos e terremotos (México)

a 24184219567048 300x225 - 5 sinais de que o fim do mundo está mais próximo do que pensamos
Fonte: EPA/Reprodução

Nesta fatídica terça-feira (23), um abalo sísmico de magnitude 7,5 na escala Richter atingiu o estado de Oaxaca no México. O fenômeno, um dos mais temidos pelos habitantes da América do Norte, matou seis pessoas e se espalhou pelo país, através de cerca de 140 tremores secundários.

No entanto, mais do que os efeitos imediatos causados pelo terremoto, o que está assustando as populações norte-americanas é que a ocorrência foi considerada pelos cientistas como um “sinal”. Segundo eles, de grandes tsunamis que poderiam surgir nas Américas do Norte e Central, e em países do sul como o Equador e o Peru.

3. Nuvens de gafanhotos e trevas (Argentina)

Outro sinal, este vindo da Argentina, chegou às mídias também nessa apocalíptica terça-feira (23): o Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar (Senasa) da Argentina alerta que uma gigantesca nuvem de gafanhotos avança pelas pradarias daquele país desde maio passado, e deve chegar às plantações do Rio Grande do Sul.

Está escrito no Deuteronômio “Multiplicarei na terra do Egito os meus sinais e as minhas maravilhas”, diz o Senhor. Se a praga chegar ao Brasil em grande quantidade, pode ocorrer a perda total das colheitas e pastagens. As consequências podem ser a fome e o desamparo.

4. O dia não brilhante (nuvem de poeira Godzilla)

a 24184751085055 300x169 - 5 sinais de que o fim do mundo está mais próximo do que pensamos

Mais uma notícia divulgada na terça-feira (23) de catástrofes foi o anúncio de uma mancha enorme e opaca encobrindo uma parte do Oceano Atlântico. Fotografada por satélites, a nuvem marrom vai da África até o Caribe e cobre inteiramente o cenário azul e branco observado durante o dia.

Segundo os cientistas essa nuvem é (mais) um sinal. Para eles, existe no deserto do Saara uma massa de ar muito seco e com poeira, que eles apelidaram de “nuvem de poeira Godzilla”, que está atravessando o oceano em direção às Américas e poderá transformar os dias em noites, e tornar proibitivas as atividades ao ar livre.

5. Juízo Final (série Dark)

a 24184945383059 300x169 - 5 sinais de que o fim do mundo está mais próximo do que pensamos
Fonte: Netflix/Divulgação

A série Dark da Netflix tem apresentado algumas coincidências assustadoras. Na 2ª temporada, exibida em 2019, a trama falava de ocorrências que iriam tirar o mundo dos eixos, o que hoje ninguém duvida que esteja acontecendo. Porém o grande sinal enviado pela série é a data do apocalipse que irá destruir a Terra.

No episódio inicial da 3ª temporada, o protagonista Jonas Kahnwald (Louis Hofmann) chega a um mundo devastado e encontra uma caixa. Em uma fita cassete ele ouve uma voz: “Meu nome é Claudia Tiedemann. Sou uma das poucas sobreviventes ao apocalipse de… 27 de junho de 2020!”.

O que é mais apavorante nessa previsão é que uma profecia maia que ficou muito famosa no mundo inteiro previa o fim dos tempos em 21 de dezembro de 2012. Naquele dia, muita gente até se matou para não presenciar o apocalipse.

No entanto, e podemos ler aí mais um sinal, o jornal The Sun divulgou neste mês (15) o tuíte de um pesquisador chamado Paolo Tagaloguin que descobriu uma discrepância entre o Calendário Juliano e o nosso Calendário Gregoriano. Com isso, a nova data para o final do mundo passou para 21 de junho de 2020.

Bem, não aconteceu. Ainda. E quanto à série, a estreia da 3ª temporada será no dia 27 de junho de 2020. Caso a profecia não se realize.

Fonte: Vida em Equilibrio

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS