Alguma vez você já se perguntou se Deus estava abrindo uma porta ou se algo era meramente o inimigo provocando uma nova “oportunidade”? Pode ser difícil decifrar se a sua boa ideia é uma “ideia de Deus”. Na verdade, acredito que algumas coisas trazidas ao nosso caminho são meras distrações santas . Embora a oportunidade pareça “boa no papel”, ela simplesmente não é para você neste momento de sua vida.

Em minha própria vida, posso atestar a perda de anos seguindo “coisas” que eu achava que Deus estaria no meio, apenas para aprender que minha própria ambição me levou até lá, não a voz de Deus. Da mesma forma, houve momentos em que perdi uma oportunidade de porta aberta devido ao medo ou à minha confusão pessoal.

Eu me pergunto quanto tempo foi desperdiçado no meio de perseguir oportunidades que Deus nunca havia assinado. Sem a certeza de cada dia, é importante ter discernimento para saber qual caminho seguir para que possamos aproveitar ao máximo nosso tempo na Terra. Nossas escolhas terão um efeito direto em nossas vidas e nas vidas das gerações vindouras. Andar pelas portas certas na hora certa é um assunto sério e não deve ser encarado com leviandade, mas sim com oração e sabedoria.

Por tudo isso, aprendi que há vários indicadores que revelam a vontade de Deus para Seus filhos.

Crédito da foto: Roan Lavery / Unsplash

Fonte: Ibelieve

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS