Por: João Guanes

Em situações completamente diferentes; mas, para efeito de sentido uma depende da outra.

O Agricultor seca à Semente para o plantio, ou seja, é necessário que esta Semente morra, para nascer, crescer e dar frutos estabelecendo assim um ciclo em alimentos. Certa vez alguém perguntou-me: “João a árvore vive mais que o homem?” A Resposta foi: A árvore vive de igual com o homem. Perguntou-me novamente: “Como assim? Se o homem vive o máximo até aos seus centos e poucos anos?

No entanto existe Árvore com mais de mil anos.” Respondi: A Vida, está ligada com A Morte.

Em qualquer momento poderá ser desligada. Isso, independente da idade. Esse freamento se dá por vários motivos. Exemplo: Doenças, desastres, crime ou morte natural. De igual, também acontece com a árvore.

Seu fim acontece por vários motivos. Exemplo: Pragas ou cupins, seca, cortes ou morte natural. É obvio que a resposta foi no espaço da Filosofia por aspectos antagônicos. Alegria e tristeza. O Perdedor se torna servo do Vitorioso e ninguém se importa com ele.

Porém, esses são importantes para O Deus criador. Pois! isso está claro no Livro de João que diz.

“Por que Deus amou o mundo de Maneira tal, a ponto de entregar o seu único Filho em favor daqueles que Crê para que não pereça; Mais conquiste a Vida eterna”.

Isso, o difere dos outros deuses deste mundo. A Sagrada Escritura apresenta mais de oito mil promessas para cada tipo de situação. Todavia entre elas está a maior de todas, que é a vida eterna. No entanto, para que a alcance é preciso morrer, para os descaminhos deste Mundo.

Página no Facebook: O Leão de Judá

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS