O Cartersville Medical Center foi um dos primeiros hospitais a tratar um paciente com COVID-19 nos EUA.

Na noite da última quinta-feira (26), Centenas de pessoas cercaram o Centro Médico de Cartersville, na Geórgia (EUA). Elas foram ao local para orar pela equipe de profissionais de saúde que luta nas linhas de frente contra o coronavírus pandêmico e também pelos pacientes que estão em tratamento.

O Cartersville Medical Center foi um dos primeiros hospitais a tratar um paciente com COVID-19 nos EUA. Desde então, muitas outras pessoas foram tratadas ali.

“Um dos membros de nossa igreja está infectado com coronavírus, então queríamos estar aqui para mostrar nosso apoio”, disse Jennifer Hyde.

Pessoas como Jennifer Hyde, que estavam lá quinta-feira à noite, fizeram questão de praticar o distanciamento social, enquanto cercavam o hospital. Eles ficaram em seus carros e todos sintonizaram a mesma estação de rádio, 91,7 para orar e louvar a Deus.

Enquanto os cristãos cercavam o hospital com orações, pacientes podiam ver esse verdadeiro ‘show de amor’ de suas janelas. A equipe assistia do gramado e do telhado.

Michelle Anderson trabalha no hospital há 26 anos e para ela, ver tantas pessoas ali para orar pela equipe e pelos pacientes foi algo que trouxe lhe lágrimas aos olhos.

“Nunca me senti tão orgulhosa de trabalhar aqui em todos esses anos. Esse derramamento da comunidade é inacreditável”, disse ela.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DA FOX 5 ATLANTA

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS