Os cristãos na china em 2018, passaram pela maior perseguição de todos os tempos do seu governo comunista.

O destaque foi a perseverança, fé, e determinação do cristianismo abrindo igrejas subterrâneas e virando destaque nas mídias, no mundo todo.

A perseguição contra o evangelho na China, foi destaque no The New York Time, que está entre os maiores e mais importantes jornais do mundo. O que mais repercutiu foi o fechamento da igreja Early Rain Coverant, a principal igreja da China, que o governo comunista Chinas, declarou ser ilegal.

“Não perderemos nossa fé por causa da supressão das autoridades”, disse Gu Baoluo, um vendedor de arroz membro da igreja Early Rain Covenant, fechada recentemente, mas que não se dobrou à imposição do governo e passou a realizar cultos ao ar livre. Mesmo com toda a determinação dos fiéis, a maior parte da estrutura da congregação foi prejudicada, pois exemplares da Bíblia foram confiscados, escola e seminário geridos pela denominação foram fechados e seu principal pastor, Wang Yi, preso.

Às vésperas do Natal, os cristãos chineses se organizaram para celebrar a data de forma secreta, com cultos domésticos. Gu Baoluo contou que essa é uma de suas fases preferidas do ano, mas em 2018, não pôde decorar árvores, participar da cantata ou assistir o desfile de Natal. Ao invés disso, cantaram e oraram na casa de um dos irmãos, apresentando a Deus a situação de pelo menos 20 membros da igreja que continuam presos.

A acusação feita pelo governo contra os cristãos é de as igrejas “incitam a subversão” contra o governo comunista. Na legislação do país, há penas previstas de até cinco anos de prisão. Do outro lado, os fiéis têm se valido da tecnologia para driblar a repressão, e o culto doméstico por ocasião do Natal foi organizado com o uso de aplicativos de troca de mensagens criptografados. Dessa forma, compartilharam informações sobre blitz e assédio policial.

Fonte: Gospelmais

101 - China coloca cristianismo contra a parede

 

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS