Pena da cama

Enquanto, me preparava para deitar, em minha confortável cama, pude notar uma pequena Pena próximo do meu Travesseiro. Era de um pássaro. Ao pega-la, pela mão direita, A Imaginação tomou conta. Então perguntei para mim mesmo. Como aconteceu? Ele estava brincando ou namorando. Voava despercebido, e a perdeu? Pode ser que resolveu trocar de roupa, vai saber, não é?! De repente o coitadinho até poderia estar por aí, procurando-a. Vou guardá-la, talvez O Serzinho volte para buscá-la. Mas por que tanta preocupação. Sabe de uma coisa tenho mais que fazer Vou dormir. Tento mais não consigo. Si ao menos soubesse, O Endereço de sua árvore. Levaria O Agasalho e um pouco de comida. O coitado deve estar, com frio e fome. Porém, isso não é desculpa. Porque, temos A Tecnologia a nossa disposição. Posso ir ou encontrar, quem quiser. Sabe, de uma coisa, vou tirar uma foto com meu Celular, e postá-la em minhas redes sociais. Talvez alguém possa reconhecer está Ave. E quando amanhecer, irei distribuir panfletos, colar cartazes em postes, e muros. Como poderei descansar meus olhos sabendo que há alguém sofrendo com necessidades. Porque tive fome, e me destes de comer; Tive sede, e me destes de beber; Era forasteiro, e me hospedastes; Estava nu e me vestistes; Enfermo, e me visitastes; Preso, e fostes ver-me. (Mateus: 25-35).

Jornalista e estudante de Letras.
João Guanes.

RECOMENDAMOS


O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS