Clarissa Tércio (PSC) irá distribuir gratuitamente em Pernambuco, 10 mil exemplares do livro ‘Macho Nasce Macho, Fêmea Nasce Fêmea’

Após toda a polêmica de projeção nacional gerada pela circulação de livros e revistas com conteúdo LGBT e de ideologia de gênero na Bienal do Rio de Janeiro, uma deputada estadual de Pernambuco decidiu dar uma resposta ao youtuber Felipe Neto, que distribuiu 10 mil livros de conteúdo LGBT no evento.

Clarissa Tércio (PSC) irá distribuir gratuitamente em seu estado, 10 mil exemplares do livro “Macho Nasce Macho, Fêmea Nasce Fêmea – Desmascarando a Falácia da Ideologia de Gênero”, escrito pelo teólogo e filósofo Isac Silva.

A polêmica que tomou proporção nacional se deu inicialmente por conta da ordem do prefeito Marcelo Crivella de impedir a venda de uma revista em quadrinhos de super-heróis da Marvel com uma cena de mum beijo gay na Bienal do Livro no Rio de Janeiro. A ação provocou a revolta de militantes e simpatizantes do movimento LGBT.

Ao comentar, sua decisão, Clarissa destacou que essa é uma forma que está ao seu alcance de responder efetivamente à ação do youtuber.

“Marcelo Crivella mandou recolher, Felipe Neto disse: ‘Vamos bombardear com a temática LGBT’. A gente está observando essa guerra lá no Rio de Janeiro e então vai fazer um negócio aqui em Pernambuco também”, disse a parlamentar. “Já que Felipe Neto distribuiu 10 mil exemplares com livros em que se exalta essa temática, a ideologia de gênero, o relacionamento homossexual para enganar as nossas crianças, nós também vamos fazer algo aqui em Pernambuco. Vamos distribuir 10 mil livros por todo o território pernambucano”.

“Esse livro trata dessa temática, ele combate, refuta as mentiras que têm sido contadas dentro das escolas, através das mídias”, acrescentou ela.

Reação

A atitude de Felipe Neto gerou uma notável revolta também entre pais de crianças e adolescentes, pelo fato do youtuber ter essa faixa etária como seu público alvo.

Na segunda-feira da semana passada, a hashtag #PaisContraFelipeNeto viralizou no Twitter.

“Não permitam que seus filhos acessem conteúdo de quem quer que eles vejam material que contrarie suas convicções morais”, publicou o deputado federal Carlos Jordy, lançando a hashtag.

“Esse sujeito é perigoso. Um animador infantil a favor da ideologia de gênero. Deixe seus filhos bem longe de Felipe Neto. #PaisContraFelipeNeto”, postou outro usuário da rede social.

“Se você tem filhos, afastem eles do Felipe Neto, uma influência NEFASTA! Esse cara tem ligações perigosas e tem uma agenda CLARA de sexualização infantil, visto nesses últimos dias! #PaisContraFelipeNeto”, alertou outro internauta.

RECOMENDAMOS


O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS