A luz é a fonte de toda claridade, iluminação e brilho. A luz é também símbolo de esclarecimento, explicação e ilustração. Como luz, Jesus Cristo se manifestou para dissipar as trevas que assolavam o mundo.

Ele trouxe o esclarecimento da salvação ao ser humano. Jesus Cristo é o candelabro que ilumina o templo, a lâmpada que acende no escuro, a candeia que brilha no lugar tenebroso, a luz que dissipa todas as trevas, o farol que ilumina o mundo inteiro. Deus sempre aparece revelado nas páginas da Bíblia como a luz do seu povo. A Bíblia afirma que:

“Deus é luz, e não há nele treva nenhuma.” (1João 1.5)
Portanto, sendo Deus, Jesus Cristo é o único que pôde declarar:

“Eu sou a luz do mundo.” (João 8.12)

O Natal é conhecido como a “Festa das Luzes” e celebra o nascimento de Jesus Cristo, a Luz do mundo! As ruas e casas são enfeitadas com luzes. Onde a luz chega as trevas são dispersadas!

Então Jesus lhes falou novamente, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará nas trevas, mas terá a luz da vida. (João 8:12)

Esta é a mensagem que ouvimos dele e declaramos que Deus é luz, e nele não há trevas. (1 João 1: 5)

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS