Deixar a Deus por que ele não realizou o que você pediu, é um exemplo de filho mimado.

Deus é pai, e como todo pai ele educa seus seus filho, ele fala não para coisas que não agrada a sua vontade, e quase todos acabam se comportando como filhos rebeldes, mal-educados, e que mesmo sem merecer continua insistindo em desagradar o pai.

A verde é que Deus não tem filhos prediletos, ele tem filhos que se achegam mais a ele, que fazem a sua vontade, esses filhos fazem por merecer, ele tem gosto em abençoar essas pessoas, quando isso acontece, os filhos mal-educados que sempre estão pisando na bola, se sentem rejeitados, pouco amados, ao invés de reconhecerem que estão agindo de uma forma errada, eles acabam errado mais.

É uma total falta de sabedoria querer brigar com pai, pior ainda quando se trata de Deus, o pai que não podemos enganar, o mesmo que sonda os nossos pensamentos e corações, a aquele que tudo conhece e tudo vê.

O filho que não sabe se submeter e mudar de atitude, vai viver a vida inteira revoltado, sem receber o melhor de Deus. Sem mudança não adianta exigir algo de Jesus, ele nos ama, mas não quebra princípios para fazer a nossa vontade.

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS