Michelle Bolsonaro escolheu a segunda língua oficial do Brasil para falar aos brasileiros durante a posse de seu marido, Jair Bolsonaro (PSL), como presidente do Brasil. Ao deixar o português de lado e discursar em libras, a primeira-dama jogou luz sobre pessoas que geralmente não tem voz mas querem ser ouvidas. E acabou criando um movimento involuntário: gerou uma curiosidade que turbinou a procura por um aplicativo brasileiro de tradução simultânea para a linguagem de sinais.

Depois de Michelle gesticular para agradecer aos brasileiros e pedir que apoiassem Bolsonaro, o app de uma pequena empresa de Maceió, comparada a uma famosa companhia do mundo da tecnologia, passou a atrair atenção de internautas.

Costumam falar que a gente é o Google Tradutor dos surdos Ronaldo

Tenório, CEO da Hand Talk

A comparação com um dos serviços da gigante dos Estados Unidos não é à toa: além de ser a criadora de um app que verte frases escritas ou faladas em português para libras, a Hand Talk já foi convidada pelo próprio Google para ter seu negócio acelerado.

Leia mais

Fonte Uol.

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS