O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi a uma igreja cristã, onde recebeu uma oração do pastor David Platt, durante o culto na Igreja Bíblica Mclean, em Viena, no estado da Virgínia.

“Precisamos da sua graça, precisamos da sua ajuda, precisamos da sua sabedoria em nosso país”, orou Platt, segurando a Bíblia em uma mão e colocando a outra nas costas de Trump. “Nós nos levantamos agora, em nome de nosso Presidente, e oramos por sua graça, misericórdia e sabedoria sobre ele.”

“Deus, oramos para que ele saiba o quanto você o ama”, continuou ele. “Que ele se apóia em você, que ele governa e toma decisões que são boas para a justiça, a retidão e a eqüidade.”

O pastor também orou por todas as autoridades americanas nos níveis estadual e nacional. “Deus, dê sabedoria a ele e ajude-o a guiar nosso país, junto com outros líderes”, orou.

“Senhor, oramos para que você lhe dê toda a graça que ele precisa para governar, como vemos em 1 Timóteo 2, para que possamos ter uma vida calma e pacífica, com toda a piedade e dignidade”, concluiu o pastor.

O pastor também orou por todas as autoridades americanas nos níveis estadual e nacional. “Deus, dê sabedoria a ele e ajude-os a administrar nosso país, junto com outros líderes”, orou.

Trump saiu sem fazer um discurso e disse “obrigado” enquanto cumprimentava a platéia.

Segundo a Casa Branca, Trump visitou a Igreja Bíblica McLean “para visitar o pastor e orar pelas vítimas e pela comunidade de Virginia Beach”.

Franklin Graham também fez um chamado para orar por Donald Trump, chamado “Dia Especial de Oração pelo Presidente”. Mais de 300 líderes cristãos assinaram uma declaração em apoio ao movimento de oração de Trump.

Fonte: AcontecerCristiano.Net

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS