A descoberta de um fóssil de uma cobra quadrúpede demonstra a veracidade do relato bíblico no livro de Gênesis 3:14, dizem os criacionistas.

O fóssil de uma nova espécie de cobra que inegavelmente tem quatro patas é o primeiro conhecido, que viveu na Bacia do Araripe, Ceará, no Brasil, cerca de 120 milhões de anos atrás, segundo o paleontólogo David M. Martill da Universidade de Portsmouth, no Reino Unido, publica a prestigiosa revista Science,

A espécie foi nomeada como Tetrapodophis amplectus. “O fóssil é parte de uma maior exposição a fósseis do Cretáceo”, disse Martill em comunicado. “Ficou claro que ninguém havia apreciado sua importância, mas quando a vi, sabia que era uma amostra muito significativa”, disse ele.

Embora fósseis de serpentes de pernas já tenham sido encontrados antes, eles sempre foram deformados. Este é o primeiro espécime de uma cobra com quatro pernas funcionais.

A recente descoberta provocou um debate em que medida a idéia de uma cobra de quatro patas é aceitável.

“Parece uma cobra”, diz Jacques Gauthier, do Museu Peabody de História Natural da Universidade de Yale. “O corpo comprido e os membros reduzidos, juntamente com os ossos que suporta na pélvis, são consistentes em ser uma cobra”, disse ele.

Embora os evolucionistas afirmem que as cobras vieram de lagartos-marinhos, a nova descoberta desmascara a velha teoria, e agora eles dizem que ela pode ter “evoluído” para uma toca de lagartos terrestres, em vez de espécies marinhas ancestrais.

Com essa descoberta, evolucionistas, como muitos crentes na Bíblia, concordam que as cobras originalmente tinham membros, embora outros estudiosos acreditem que possam ter voado.

Durante anos, os defensores criacionistas argumentaram que, na maldição descrita em Gênesis 3:14, o animal passou por uma mudança em sua estrutura. Agora parece que essa hipótese tem fundamento.

Fonte: Acontecercristiano

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS