Artista diz que santos foram mortos por levar o amor em lugares intolerantes, comparando-os com os ativistas LGBTs de hoje

Após causar polêmica em Caxias do Sul (RS), a exposição “Santificados” está sendo exibida em Porto Alegre (RS), trazendo imagens de homens e mulheres nus representando santos da Igreja Católica.

O artista Rafaem Dambros, 35 anos, chegou a explicar que representou santos católicos como gays e lésbicas por entender que os personagens hoje considerados santos, batiam de frente com o poder vigente e hoje o grupo que realiza tal afrontamento são os que lutam por direitos humanos.

“Ao longo desse trabalho, descobri que os santos eram mortos das maneiras mais cruéis possíveis, porque eles tinham a filosofia de Jesus de levar o amor para lugares intolerantes e também porque eles batiam de frente com o poder vigente. Aí, me perguntei: quem são essas pessoas hoje? — argumenta o artista. — São aqueles que lutam pelos direitos humanos, das mulheres, da comunidade negra e da população LGBT+. São esses indivíduos que exercem essa função e são apedrejados por isso”, declarou ele a Gaúcha.

As peças são desenhos feitos com caneta esferográfica, inspiradas em passagens bíblicas e na iconografia católica desenvolvida por artistas como Michelangelo. Braços e pernas dos personagens estão à mostra, um dos quadros, porém, tem seios descobertos e um segundo traz a genitália masculina exposta.

Por conta das obras de nudez, o prefeito da cidade Caxias do Sul, Daniel Guerra, proibiu que alunos da rede municipal de ensino vissem a exposição que estava aberta à visitação na Câmara dos Vereadores.

Fonte: Gospel Prime

RECOMENDAMOS


O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS