Não, Jesus não aboliu a Lei, Jesus cumpriu a Lei. Jesus mudou nosso relacionamento com a Lei. Ele mostrou que o mais importante é a atitude do coração, não as cerimônias exteriores.

Em Mateus 5:17-18, Jesus disse que tinha vindo para cumprir a Lei, não para abolir. Ele explicou que a Lei de Deus não pode ser abolida. A Lei de Deus é justa e precisa ser cumprida. Por outro lado, Hebreus 7:18-19 diz que a Lei foi revogada!

Várias passagens da Bíblia dizem que a Lei é eterna e precisa ser cumprida mas várias outras dizem que a morte de Jesus na cruz revogou a Lei. Para entender isso, precisamos entender o contexto de cada passagem:

Mateus 5

Jesus explicou que a Lei precisa ser cumprida para haver justiça.

Em Mateus 5:20, Jesus disse que nossa justiça precisa ser superior à dos fariseus e mestres da lei. Os fariseus inventaram muitas regras, além do que estava escrito na Lei. Eles achavam que seriam salvos se cumprissem todas as regras. Suas ações eram o mais importante.

Jesus sempre ensinou que o mais importante é o nosso coração. Não basta não adulterar, querer adulterar também é pecado! (Mateus 5:27-28) O pecado vem do coração e só depois é refletido nas atitudes exteriores (Marcos 7:21-23).

A Lei de Deus precisa estar dentro de nossos corações. Quem ama a Deus quer fazer o que é certo. Não cumprimos as regras de Deus para sermos salvos. Cumprimos as regras porque são regras justas.

Hebreus 7

Hebreus fala sobre oferecer sacrifícios pelo pecado.

Antigamente, os judeus tinham sacerdotes que ofereciam sacrifícios de animais, para pagar o preço do pecado (que é a morte e a separação de Deus). Quando Jesus veio, ele se tornou o sacerdote perfeito e o sacrifício perfeito pelo pecado.

Os outros sacerdotes e sacrifícios serviam apenas como sinal da vinda de Jesus. Nenhum deles conseguia cumprir perfeitamente a Lei de Deus. Mas quando Jesus morreu na cruz, ele cumpriu toda a Lei, apagando todos os pecados e todos aqueles que crêem. Não precisamos mais oferecer sacrifícios porque Jesus já ofereceu todo sacrifício necessário (Hebreus 10:1-4; Hebreus 10:10-12).

Com a Lei do sacrifício, Deus também instituiu muitas regras de pureza cerimonial. Essas regras exteriores serviam para lembrar os judeus que eles precisavam ser purificados por dentro. Mas agora, em Jesus, não precisamos mais de regras exteriores. Jesus nos purifica por dentro (Romanos 2:28-29).

A Lei cerimonial também separava os judeus de todos os outros povos, mostrando que eram diferentes. Agora não há mais separação (Efésios 2:13-16). Todos que aceitam Jesus como seu salvador pertencem à família de Deus. A verdadeira diferença está em nosso coração, separando-nos do pecado.

Cumprido perfeitamente

Jesus cumpriu toda a Lei, tanto a Lei moral quanto a Lei cerimonial. A Lei moral de Deus continua perfeita e válida para nós hoje e deve ficar gravado em nossos corações (Hebreus 8:10). As regras exteriores da Lei cerimonial sempre apontaram para o que mais importava: o interior. Essas regras foram revogadas, porque agora Jesus cumpre a Lei, purificando nosso coração de forma direta e perfeita.

Fonte: Respostas Bíblicas

RECOMENDAMOS



O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS