Os jogadores do Palmeiras, Willian e Raphael Veiga, visitaram a base da ONG Baluarte em Luanda, Angola.

Com o fim do Brasileirão, os jogadores do Palmeiras, Willian e Raphael Veiga, iniciaram suas férias em viagem missionária à Angola neste domingo (8). A ONG Baluarte, liderada pelo cantor Marcos Freire, atua em uma comunidade carente do país.

O atacante Willian e sua esposa, Loisy Coelho, são padrinhos da ONG desde o início do projeto, em 2017. Nas redes sociais, ele relatou sua experiência em visita à comunidade Capollo II.

“Como é bom ver grandes frutos sendo gerados. Tudo começou há dois anos, confiando e acreditando nesses dois caras comprometidos e ambos com o coração totalmente voltado para essas pessoas. Parabéns, Marcos Freire e Jonnes Queiroz”, disse Willian nesta quinta-feira (12).

“A ONG Baluarte está crescendo e avançando cada vez mais. É isso que declaramos e cremos, que muitas crianças e famílias serão alcançadas no nome de Jesus!”, acrescentou.

O meia Raphael Veiga também expressou sua gratidão a Deus nas redes sociais. “Que alegria estar visitando pela primeira vez a ONG Baluarte! Obrigado Jonnes Queiroz e Marcos Freire por viver de perto essa experiência incrível!”, afirmou.

“O coração de cada uma dessas crianças tem me ensinado e inspirado muito! Deus é muito bom!”, completou Raphael.

A ONG Baluarte fornece assistência, alimentação, ensino escolar e da Bíblia à dezenas de crianças angolanas. Sua base ativa em Luanda, capital de Angola, atende mais de 200 crianças que sofrem com a falta de alimento e estudos.

Recentemente, a ONG recebeu visitas de cantores e artistas, como Priscilla Alcântara, Bruna Marquezine e Sasha Meneghel.

2019 12 17 300x278 - Jogadores do Palmeiras fazem viagem missionária à África: “Frutos sendo gerados”

2019 12 17 1 300x278 - Jogadores do Palmeiras fazem viagem missionária à África: “Frutos sendo gerados”

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS