Thalles cresceu na comunidade da Vila Kennedy, no Rio de Janeiro. Hoje ele celebra a Deus por se formar no ensino médio nos Estados Unidos.

O jovem Thalles Winner Silva de Souza cresceu na comunidade da Vila Kennedy, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, marcada por um alto índice de violência. Na última sexta (7), ele discursou diante dos colegas de classe que se formaram na Dennis-Yarmouth Regional High School, uma escola do ensino médio em South Yarmouth, Massachusetts (EUA).

Para o estudante brasileiro, a mudança do cenário de sua vida tem um motivo especial: Deus.

“Hoje foi o grande dia de testemunhar o quão incrível e maravilhoso Deus foi na minha vida. Dei meu discurso em frente toda a minha escola aqui nos EUA, sobre a história da minha vida e o quão bom Deus foi para mim! Glória a Deus!”, disse Thalles em vídeo publicado nas redes sociais.

Em seu discurso, Thalles conta que deixou a Vila Kennedy e foi transferido para a escola americana em 2017. “Desde quando cheguei a este país, tenho me sustentado e tive que aprender inglês rapidamente para sobreviver. E isso não foi fácil”, contou.

Ele falou aos colegas de classe sobre a realidade das comunidades do Rio: “Eu vim de um lugar que quase ninguém tem dinheiro ou recursos para sobreviver. Um lugar que a cada dia alguém morre. Venho de uma área do mundo que está cheia de gangues e corrupção”, afirmou.

“Meu antigo bairro é um dos mais perigosos do Rio, e muitos de meus familiares e amigos perderam a vida em tiroteios. Eu sou de uma favela chamada Vila Kennedy, um lugar que em 2017 foi considerado um dos lugares mais perigosos do Brasil e do mundo. Eu nunca vou esquecer de onde vim”, acrescentou o estudante.

Hoje, foi o grande dia de testemunhar o quão incrível e maravilhoso Deus foi na minha vida! Dei meu discurso em frente toda a minha escola aqui nos Estados Unidos, sobre a história da minha vida e o quão bom Deus foi pra mim! Glória a Deus!!“Oi, meu nome é Thalles Winner. Sou do Rio de Janeiro Brasil. E estou muito feliz por estar aqui hoje. Estou aqui hoje para contar a minha história de vida. Eu fui transferido para esta escola em dezembro de 2017 e lembro-me de estar tão perdido e exausto quando cheguei aqui. Desde que me tornei parte deste corpo estudantil , pude ver como são incríveis os professores e administradores desta escola. Também observei a atenção e o apoio que vinha dessa escola. Eu tive ótimos professores que estavam sempre lá, me dando um apoio incrível e me incentivando o tempo todo. Eu me lembro do meu primeiro dia do último ano. Fui ao escritório de orientação para falar com a Sra. Fornoff e disse a ela que queria desistir ou terminar a escola on-line. Ela olhou profundamente nos meus olhos e disse: "Não, eu vou ajudá-lo". E isso mudou não só no meu último ano, mas também na minha vida. Ter alguém que acredita em você faz toda a diferença. E professores alguns de nós só precisam que você acredite em nós. Desde quando cheguei a este país, tenho me sustentado e tenho que aprender inglês rapidamente para sobreviver. E isso não foi fácil Eu vim de um lugar que quase ninguém tem dinheiro ou recursos para sobreviver.Um lugar que a cada dia alguém morre. Vindo de uma área do mundo que está cheia de gangues e corrupção. Meu antigo bairro é um dos mais perigosos do Rio, e muitos de meus familiares e amigos perderam a vida em tiroteios. Eu sou de uma favela chamada Vila Kennedy, um lugar que em 2017 foi considerado um dos lugares mais perigosos do Brasil e do mundo. Eu nunca vou esquecer de onde vim. No ano de 2017 perdi meu primo Hudson, ele tinha apenas 16 anos; E 4 meses atrás eu perdi meu irmãozinho Marcos, ele também tinha 16 anos. Ambos foram mortos pela polícia .. Mas sabe de uma coisa? Coisas terríveis como esta, é o que me faz mais forte para a luta pelos meus sonhos. Eu conheço pessoas da nossa idade que dariam tudo para estar onde estamos agora. Existem pessoas fora deste país que oram todos os dias para ter uma vida como a nossa. Hoje eu posso estar morto, mas estou contando a história da minha vida.Quero agradecer a todos vocês que me ajudaram a chegar aqui e quero também dar um agradecimento especial a alguém hoje, quero agradecer de todo o coração, Sra. Finan! Para aqueles que não a conhecem, ela é a responsável por estudantes como eu, estudantes que vêm de outro país e às vezes ninguém acredita em nós, mas ela faz! Obrigado por todos esses 30 anos, senhorita Finan !! Dy não será o mesmo sem você. Por favor!! Dê-lhe a uma salva de palmas !! E por todas essas razões, agora também quero agradecer a Deus. Graças a Deus por me trazer a este lugar e ter salvo minha vida! Obrigado por estar aqui hoje. Venha e tome o seu lugar aqui Jesus! Venha e tome o seu lugar aqui Espírito Santo! Você é bem vindo neste lugar! Não é sobre mim, é sobre ele e não é sobre nós, é sobre ele. A diferença de tudo na minha vida não são as oportunidades que me foram dadas, mas quem me deu as oportunidades. E Jesus, obrigado pelas oportunidades! A maioria de nós não percebe as oportunidades que temos e a sorte que temos. Eu gostaria que todos os alunos pudessem entender o valor e a importância da educação e aproveitar o que temos agora, porque um dia tudo isso terá acabado. Conhecimento e dinheiro podem te dar quase tudo, mas somente conhecimento pode salvar sua vida. Eles podem tirar tudo de nós, exceto a nossa educação. Ninguém pode tirar isso de nós. Você realmente não conhece o seu potencial até que a única coisa que você tenha é o poder de lutar pelo que você quer. Desejo a todos vocês o poder de lutar pelo que você quer. Obrigado e parabéns à turma de 2019!”

Publicado por Thalles Winner em Sexta-feira, 7 de junho de 2019

Thalles lembrou que, em 2017, perdeu seu primo, Hudson, aos 16 anos. Quatro meses atrás, ele perdeu seu irmão, Marcos, também aos 16 anos. “Ambos foram mortos pela polícia… Mas sabe de uma coisa? Coisas terríveis como esta me fazem mais forte para a luta pelos meus sonhos”.

“Eu conheço pessoas da nossa idade que dariam tudo para estar onde estamos agora. Existem pessoas fora deste país que oram todos os dias para ter uma vida como a nossa”, destacou.

Em um momento de seu discurso, Thalles reforçou seu agradecimento a Deus. “Graças a Deus por me trazer a este lugar e ter salvo minha vida! Obrigado por estar aqui hoje. Venha e tome o seu lugar aqui Jesus! Venha e tome o seu lugar aqui Espírito Santo! Você é bem vindo neste lugar! Não é sobre mim, é sobre Ele. Não é sobre nós, é sobre Ele”, disse o estudante.

“A diferença de tudo na minha vida não são as oportunidades que me foram dadas, mas quem me deu as oportunidades. E Jesus, obrigado pelas oportunidades!”, continuou.

FONTE: GUIAME

RECOMENDAMOS



O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS