A alegria generalizada, os cânticos de louvor e adoração e a palavra da fé estão alcançando multidões em Campo Grande, MS, mas de uma forma diferente.

O casal Alessandro e Cristiane Matos lideram o evangelismo de rua denominado: “O Grito das Ruas”. O projeto surgiu há quase dois anos, logo após uma campanha de oração em favor de um evento que se realizaria em uma praça. Alessandro contou ao portal ToNoGospel que logo após o evento, os jovens entenderam que Jesus gostaria que eles continuassem com as orações ali naquele local (praça). “O Grito das Ruas” é um projeto que leva a palavra de Deus nas praças de Campo Grande e os encontros acontecem a cada 15 dias e são combinados pelas redes sociais.

Nas reuniões, os jovens são livres para conduzi-las, conforme a vontade de Deus. “As pessoas que pregam no Grito são as que têm andado em unidade com a gente. Não precisa ser de nenhuma denominação específica, até porque somos um movimento de união. Mas precisa necessariamente ter o mesmo desejo que Jesus depositou em nossos corações, estar orando pelas mesmas coisas, chorando pelas mesmas coisas, queimando pelo mesmo propósito ” ressalta Alessandro.

O segredo para a manutenção do projeto é perseverar na missão que foi dada por Deus, continuar proclamando o evangelho, a reconciliação de Deus com o homem e a chama ardente da mensagem da segunda vinda de Jesus e seu Reino, não somente na praça, mas nos terminais, nos ônibus, no centro da cidade, pontos de prostituição e em cada lugar onde houver um perdido, enfatiza o líder.

Os pontos de encontro do movimento são locais de fácil acesso e já conhecido pelos jovens, o convite é feito pelas redes sociais e vem acompanhado de uma palavra de encorajando.

“Nós temos presenciado coisas que só tínhamos lido e ouvido falar. Pernas crescendo, cisto desaparecendo, dores de todo tipo indo embora, até “gringos” sendo salvos. Mas o mais impressionante não são nem todos esses sinais e milagres, mas saber que quem os realiza está vivo e presente! Mesmo quando as curas não acontecem, não nos reunimos em torno disso, não nos reunimos em torno de uma denominação, nem em torno de um pregador, mas nos sentamos à mesa com Jesus, ouvimos o que ele tem pra falar e proclamamos o que temos ouvido” finaliza Alessandro.

Fonte: Tg

RECOMENDAMOS






Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)