Ruan da Rocha tentou furtar funcionários de uma UPA

O jovem que teve a testa tatuada com a frase “Eu sou ladrão e vacilão” foi preso mais uma vez na madrugada desta quinta-feira (14).

Ruan Rocha da Silva foi preso ao furtar funcionários da Unidade de Pronto Atendimento – UPA em São Bernardo do Campo, em São Paulo.

Ele ficou conhecido em 2017 depois que um vídeo no qual aparece com a testa tatuada viralizou na internet. Os responsáveis pela tatuagem foram Maycon Wesley Carvalho dos Reis e Ronildo Moreira de Araújo. Na ocasião, Juan tinha tentado furtar uma bicicleta.

O rapaz foi preso pela primeira vez depois de ter ficado “famoso” em abril do ano passado, quando tentou roubar um supermercado. Na época, ele estava fazendo tratamento em uma clínica de reabilitação. Após o pagamento de fiança de R$ 1 mil, ele foi solto e disse que iria continuar com o tratamento.

Antes disso, em janeiro de 2018, ele se batizou em uma igreja evangélica e prometeu fazer tratamento para se livrar das drogas.

Fonte: Preno News

RECOMENDAMOS



O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS