Texto Base – Jonas 2. 1-9

“E orou Jonas ao Senhor, seu Deus, das entranhas do peixe. E disse: Na minha angústia clamei ao Senhor, e Ele me respondeu; do ventre do inferno gritei, e Tu ouviste a minha voz. Porque Tu me lançaste no profundo, no coração dos mares, e a corrente das águas me cercou; todas as Tuas ondas e as Tuas vagas têm passado por cima de mim.

E eu disse: Lançado estou de diante dos Teus olhos; todavia tornarei a ver o Teu santo templo. As águas me cercaram até a alma, o abismo me rodeou, e as algas se enrolaram na minha cabeça. Eu desci até os fundamentos dos montes; a terra me encerrou para sempre com os seus ferrolhos; mas Tu fizeste subir a minha vida da perdição, ó Senhor meu Deus. Quando desfalecia em mim a minha alma, lembrei-me do Senhor; e entrou a ti a minha oração, no Teu santo templo. Os que observam as falsas vaidades deixam a sua misericórdia. Mas eu te oferecerei sacrifício com a voz do agradecimento; o que votei pagarei. Do Senhor vem a Salvação.”

Jonas reconheceu seu erro e se arrependeu por ter desobedecido, “E disse: na minha angústia clamei ao Senhor, e ele me respondeu; do ventre do inferno gritei, e tu ouviste a minha voz. Jonas 2.2”. Deus nos ouve de onde estivermos. Mesmo que a situação pareça pior possível, ou pareça que ninguém escuta o seu clamor, Deus ouve.

Deus é onipresente, não há onde se esconder de Deus, “Se subir ao céu, lá tu estás; se fizer no inferno a minha cama, eis que tu ali estás também… se disser: decerto que as trevas me encobrirão; então a noite será luz à roda de mim. Nem ainda as trevas me encobrem de ti; mas a noite resplandece como o dia; as trevas e a luz são para ti a mesma coisa. Salmos 139.8;11-12”.

Às vezes precisamos passar por certas situações para nos voltarmos para Deus, “eis que foi para a minha paz que tive grande amargura, mas a ti agradou livrar a minha alma da cova da corrupção; porque lançaste para trás das tuas costas todos os meus pecados. Isaías 38.17”, Deus é Pai, e muitas vezes chama a nossa atenção por causa de nossos erros.

Jonas ali dentro do peixe, estava sendo chamado a atenção, pois ele havia errado, desobedeceu e precisava ser corrigido, como um pai faz com um filho, Deus assim também age conosco.

A descrição do desespero que sentimos quando temos a sensação de que estamos perdidos, quando temos a sensação de que aquela situação não tem solução parece que não há saída, não vemos luz no fim do túnel, estamos envoltos e presos por amarras, parece que o povo é fundo demais e não conseguimos ver a luz no topo, é o fundo e só há terra, lama, “mas Tu fizeste subir a minha vida da perdição, ó Senhor meu Deus. Jonas 2.6b”. O Senhor pode nos resgatar, Deus nos tira do fundo do poço.

Ele nos resgata de onde estivermos. Muitas vezes só lembramos de Deus quando estamos em uma situação difícil, é aí que lembramos de orar, de pedir ao Senhor para nos ajudar. Precisamos aprender a recorrer ao Senhor para nos ajudar. Precisamos aprender a recorrer a Deus em todos os momentos, principalmente na alegria, agradecer as bênçãos.

Deus ouve a nossa oração, mas não podemos usar Deus como um amuleto nos momentos ruins e atemorizantes, Deus é nosso Pai e precisamos nos lembrar d’Ele em todo tempo.
Aqueles que recorrem a outros meios, só sofrem, pois, quem é Deus como nosso Deus? Só o Senhor usa de misericórdia para conosco, mesmo quando as consequências de nossos atos são ruins, Ele nos ajuda a enfrentar toda e qualquer situação.

Ao Senhor pertence a Salvação. Muitos no momento de aflição fazem votos e promessas e quando aquele momento passa, esquecem do que votaram ao Senhor. Não podemos faltar com o Senhor, Ele é nosso Pai e nos ajuda em todo momento está sempre pronto para nos socorrer e atender, se cumprirmos nossas promessas para com os homens, porque não cumprir para com o Senhor?

Ao Senhor pertence todas as coisas, mas o nosso coração, Ele quer que seja aberto por nossa vontade para recebê-lo. Quando nos arrependemos verdadeiramente Deus vê em nosso coração e ouve a nossa oração sincera. Abra seu coração para o Senhor e deixe Ele agir em sua vida.

Autor: Desconhecido

Fonte: O Leão de Judá

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS