Lula acredita que o STF pode soltá-lo se olhar os autos dos processos, reafirmando que é inocente e vítima de uma perseguição política

O ex-presidente Lula concedeu uma entrevista aos jornais El País e Folha de São Paulo, falando sobre as condenações que ele recebeu pelo crime de corrupção através das investigações da Operação Lava Jato.

Em parte da entrevista, Lula exalta algumas decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) e ataca a Igreja Católica e os evangélicos.

“Essa Corte votou, por exemplo, célula-tronco, contra boa parte da Igreja Católica. Votou a questão da reserva Raposa Serra do Sol contra os poderosos do arroz no Estado de Roraima. Essa mesma Corte votou união civil contra todo o preconceito evangélico, cotas para que os negros pudessem entrar [na universidade]”, disse.

Lula acredita que o STF pode soltá-lo se olhar os autos dos processos, reafirmando que é inocente e vítima de uma perseguição política. “Ele [Moro] tem certeza que eu sou inocente. O Dallagnol tem certeza que é mentiroso. E mentiu a meu respeito. Eu tô aqui, meu caro, para procurar justiça, pra provar a minha inocência”, disse.

Fonte: Jm

RECOMENDAMOS



O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS