Aprender com os erros é o único jeito de construir relacionamentos sólidos e saudáveis

A maioria não consegue viver um amor saudável, por carregar maus hábitos dos relacionamentos do passado. São pessoas feridas, com um certo mal costume em mente que não precisam mudado, que as pessoas simplesmente tem que aceitá-los do jeito que são, com os seus vícios e modo de pensar.

Eu fui assim por muito tempo! Pessoas que são como eu era, costumam colocar a culpa dos seus erros em outras pessoas, não percebem que os únicos culpados das suas frustrações são elas mesmas e não o próximo.

Uma dor muscular causada por repetição precisa de tempo para curar, as nossas frustrações também! Eu percebi que toda vez que eu saia de um relacionamento e entrava de cara em outro, eu levava comigo, os mesmos vícios, erros, traumas e o mau comportamento, tanto das coisas boas como ruins dessas pessoas, porém o que sempre predominava e instalava em mim era as coisas negativas. Passamos por tantas pessoas que acabamos sobrecarregados de energias ruins, eu percebi que aos poucos estava me tornando tudo aquilo que avia me magoado em meus relacionamentos.

Com isso veio a depressão, a bebida e até as drogas!

Pessoas que passam de mão em mão que nem eu passei, perdem seu caráter, não percebem ou não querem aceitar que estão se matando. Tudo o que é muito usado com o tempo se gasta e dependendo de como está sendo usado, o que era para ter um longo tempo de vida, se gasta antes da hora.

Aceitar que somos culpados pelas nossas frustrações é o primeiro passo para dar a volta por cima.

Para não se gastar a vida antes dá hora é preciso aprender com os erros, e deixar de lado as coisas que não fazem diferença na vida.

É saber que não existe pessoa perfeita e para de procurar perfeição nos relacionamentos. O máximo que vamos encontrar na vida são pessoas imperfeitas, com imperfeições que podemos aturar.

Quem não sabe viver sozinho nunca vai saber viver a dois.

Hoje conheci o amor da minha vida e acredite! Ela é o oposto de mim.

Fantasiamos um padrão de pessoa em nossa mente que na maioria das vezes não nos encaixamos nesse padrão, e por isso acabamos quebrando a cara nas nossas relações, exigindo algo que não somos.

Reciprocidade é a correspondência mútua, é ser o padrão de pessoas que desejamos ter, é saber sentir prazer em tudo o que é oposto a você.

Olhe para trás, não entre nas mesmas discussões do passado, os mesmos ciúmes. Abra mão de amigos que não te fazem mal, mais também não te fazem crescer.

Abrir mão é saber que tudo o que você não consegue viver sem, te faz refém! Seja livre…

Por: Douglas Junior Correa Guanes

Todo os direitos Site: O Leão de Judá

RECOMENDAMOS






Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)