O secretário de Estado dos EUA relembrou as políticas do governo Trump em favor de Israel, durante discurso transmitido a partir de Jerusalém.

O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, fez um discurso durante viagem oficial a Israel na noite de segunda-feira (24). A mensagem foi direcionada aos conservadores americanos durante uma convenção do Partido Republicano.

No discurso pré-gravado, filmado com a Cidade Velha de Jerusalém ao fundo, Pompeo relembrou as políticas do governo de Donald Trump em favor de Israel.

“O presidente mudou a embaixada dos Estados Unidos para esta cidade de Deus, Jerusalém, a legítima capital da pátria judaica”, disse Pompeo. “E o presidente intermediou um acordo de paz histórico entre Israel e os Emirados Árabes Unidos, sobre o qual nossos netos lerão em seus livros de história”.

Pompeo também afirmou que Trump fortaleceu a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) e “responsabilizou a China por encobrir” o coronavírus no início deste ano. Ele se referiu a Covid-19, que matou mais de 819 mil pessoas ao redor do mundo, como o “vírus da China”.

Ex-parlamentar do Kansas, Pompeo é evangélico desde seus dias como cadete na Academia Militar dos EUA em West Point. Ele tem participado regularmente de um estudo bíblico com membros do gabinete liderado por Ralph Drollinger, fundador do Capitol Ministries.

Pompeo chegou a Israel na segunda-feira, fazendo um apelo às nações árabes depois que o governo Trump propôs um ambicioso plano de paz árabe-israelense.

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, esteve em Israel na segunda-feira para discutir a agenda diplomática na região. A viagem oficial também visitas ao, Sudão, Bahrein, Emirados Árabes Unidos e Omã.

FONTE: GUIAME

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS