Um missionário americano viajou ao Sudão do Sul, na África, para cumprir o chamado de Deus para servir nessas terras distantes, compartilhando a mensagem do Evangelho . Parte dessa ligação o levou a visitar a prisão durante esta viagem.

Stuart Bowman compartilhou suas experiências nesta viagem de missão ao ministério da Rede de Missões, destacando sua visita à prisão, onde ele usou projetores de vídeo Set Free Ministries , e compartilhou o filme JESUS ​​em uma pequena sala cheia de cerca de 90 pessoas.

Durante a apresentação, os internos ouviram atentamente a mensagem de perdão que, para muitos deles, era o oposto de como sua cultura os incentivava a viver suas vidas.

Após a apresentação, perguntaram aos homens se eles queriam responder à mensagem do Evangelho e dar a vida a Cristo .

O missionário disse: ” E 85 deles levantaram as mãos para aceitar a Cristo e se afastarem de seus pecados, e perguntamos se alguém precisava de oração”.

“Bem, eles desceram, e lembro-me de um homem que desceu e disse: ‘ Renuncio meu pecado diante do Senhor, porque derramei o sangue de meus parentes. Eu os matei na guerra e na luta. ”

Bowman diz:” Ele continuou me avisando que tinha tido demônios e que havia sido atormentado pelo fato de ter derramado sangue. Tivemos a oportunidade de orar com ele.e, mais tarde, ele nos disse que não estava mais tendo esses sonhos e não estava atormentado. ”

Depois de compartilhar o filme de JESUS, eles entregaram Bíblias em áudio para que os estudos bíblicos pudessem começar.

Bowman explica:” Se você não os discipular, de cem, você terá dois em seis meses. Mas com cada estudo bíblico, você começa com essas Bíblias falantes no seu próprio idioma. Em vez de duas, você terá aproximadamente 1.600 pessoas até o final dos seis meses . ”

Fonte: AcontecerCristiano.Net

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS