No ano de 2016 o Brasil acompanhou de perto o drama vivenciado pela cantora gospel Eyshila e sua família, ao lidar com o grave estado de saúde do seu filho, Matheus Oliveira, na época com 17 anos.

O jovem contraiu uma meningite viral e acabou não resistindo, vindo à falecer em julho daquele ano.

Lançando um livro chamado “Nada Pode Calar uma Mulher de Fé”, lançado recentemente pela editora United Press, Eyshila relembra o quanto é difícil para uma mãe perder um filho.

“Aos 14 dias do mês de junho de 2016, quando o meu filho primogênito Matheus estava a um mês de completar 18 anos, Deus o levou para a eternidade. Foi o dia mais triste de toda a minha vida”, lembra a cantora, que na época contou com o grande apoio da sua amiga e também cantora evangélica, Fernanda Brum.

“Não posso explicar o vazio de uma mãe que enterra seu filho. É uma dor que dilacera a alma. Vontade de trocar de lugar com ele, só para não viver o drama daquela brusca separação. Foram dias de muitas, muitas lágrimas coletivas naquele hospital”, disse ela.

Durante o tratamento de Matheus, os cristãos em particular, e de várias partes do Brasil, se uniram em uma corrente de oração em prol do jovem. Todavia, os planos de Deus foram outros e a sua mãe, Eyshila, descreveu a sensação como uma morte em vida.

“Em vez de pedir que Deus ressuscitasse o meu filho, passei a pedir que Deus ressuscitasse a mim, porque de certa forma eu também me senti morta”, disse ela. “Morta em minha frustração, morta em meus sonhos, morta em minha perspectiva de vida, morta em minha decepção, morta em minha maternidade.”.

Apesar do grande sofrimento, Eyshila sabia que um dia voltará a ver seu filho, e para sempre, o que lhe trouxe o conforto de saber que para os que estão em Cristo a morte não tem poder algum. “Resolvi me agarrar em Jesus. Havia perdido as minhas forças, mas não havia perdido a minha fé”, disse ela. Com informações: Revista Quem.

RECOMENDAMOS


O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS