O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, falou sobre novas disposições a serem tomadas no país para combater o COVID-19. Ele se referiu ao êxodo descrito em Gênesis para incentivar os israelenses a acreditarem que acabariam com a epidemia.

Netanyahu alertou o povo israelense sobre a possibilidade de fechar completamente o país para conter a pandemia do vírus . “O número de infectados dobra a cada três dias”, disse ele. Nesse ritmo, “em duas semanas teremos milhares”.

“Se não observarmos uma melhora imediata nessa tendência, não teremos escolha a não ser declarar um fechamento completo , exceto compras de alimentos e medicamentos”, acrescentou.

Citando o crescente número de mortos na Itália e na Espanha, o Primeiro MinistroEle pediu aos israelenses que seguissem as regras e ficassem em casa , citando Deuteronômio 4:15, que diz: ” Tenha muito cuidado “.

Mesmo dentro de suas casas, o primeiro-ministro disse que as pessoas deveriam ficar longe e lavar as mãos . “Eu sei que com crianças pequenas é difícil ficar em casa, mas não há outra opção”, disse ele.

Enfatizando que ninguém sabe quando a pandemia terminará, Netanyahu disse que o governo israelense já criou uma força-tarefa para lidar com a retomada da atividade econômica no país.

Concluindo seu discurso e aproveitando a aproximação da Páscoa, o Primeiro Ministro citou o êxodo do povo de Israel do Egito. “Isso nos lembra que nosso povo sofreu tempestades violentas. Isso dá força. Isso dá esperança. Nós sobrevivemos ao faraó … também sobreviveremos ao coronavírus “, concluiu.

Israel registrou 2.693 casos de coronavírus, oito mortes e 68 recuperados.

Fonte: AcontecerCristiano.Net

RECOMENDAMOS



O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS