Meteorologista do Cptec/Inpe explica fenômeno da nuvem que assustou sanjoanenses, no interior de SP

A forte chuva que ameaçou cair em São João da Boa Vista no final da tarde de quinta-feira (30) assustou os sanjoanenses e encheu as redes sociais de fotografias após a formação de uma enorme nuvem acinzentada em parte da cidade.

O fenômeno da natureza parecia ‘abraçar’ o município e demonstrava que cairia uma intensa tempestade. A nuvem estava baixa e fez com que os moradores rapidamente se recolhessem, deixando muitas ruas desertas.

“Achei que o céu fosse ‘desabar’ e fiquei impressionada com o tamanho da nuvem. Nunca tinha visto algo parecido. Parecia que uma ‘tromba d’água’ fosse cair sobre São João”, disse Aline Anselmo, 24, que se abrigou no Terminal Urbano Central com medo de uma forte tempestade.

Segundo o meteorologista Marcos Vianna, do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (Cptec), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) de Cachoeira Paulista (SP), a nuvem se chama “nuvem prateleira ou arco” e está associada a uma nuvem de grande desenvolvimento vertical, como a cumulonimbus. “Nuvens como a fotografada, contém bastante descargas elétricas, chuva forte, granizo e rajadas de vento forte, entretanto na sua região não causou muitos transtornos”, disse.

A Defesa Civil do Estado de São Paulo chegou a emitir um alerta de tempestade para São João da Boa Vista.

Porém, a chuva não caiu forte e nem trouxe raios e trovões como era esperado. Os ventos intensos levaram as nuvens para longe de São João em pouco tempo.

No entanto, é bom o sanjoanense se preparar porque as previsões meteorológicas apontam chances de chuva para os próximos dias.

Nesta segunda (3), a previsão é que chova em torno de 17mm. Já na terça (4) deve chover apenas 10mm.

RELATED ITEMS:NUVEM ASSUSTADORA, SÃO JOÃO DA BOA VISTA

Fonte: Sorocabanice

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS