Por: João Guanes

Reflexão!

Uma ferramenta pouca utilizada, porém têm grande valor para o momento de decisão sobre algo, e pode mudar o rumo de nossas Vidas.

A Mesma, faz submergir inúmeros vazios que estão ocultos pelo longo tempo. São Dez para as duas da Manhã. Estou em frente do meu Computador. Pensando em alguma coisa que traga motivação para criar uma nova Crônica. De repente! Veio-me A Lembrança, de algo Acontecido a muitos anos atrás. Ainda enxergava, e Morava, perto de Um Manicômio. Passava por ali, no final de tarde, junto com Minha Esposa, O Filho ainda pequeno. Ao avistar uma janela do andar superior, pude perceber que havia uma pessoa por tráz da grade. Um Jovem senhor.

Aquela situação, me comoveu profundamente. Chegando em casa, após um banho, sentei-me na poltrona e comecei A Pensar. No entanto, de forma diferente, quando dei por mim. Estava na mente daquele Homem. Sem entender, com O olhar fixo para A Rua, As lembranças criavam formas. Logo me veio, de quando era criança, Dos brinquedos, coleguinhas e Os Carinhos de meus Pais. como adulto, O Primeiro carro, Amores e as festas. Foi, aí que uma lágrima rolou pelo meu rosto. Tivera Família, Esposa, filhos e netos. Por que estava preso neste lugar. Com o olhar triste, observo A Vida passar em frente da janela com grade. Encontro-me, no segundo andar.

Por meio de muitos embaraços, que perneiam pela minha mente. Ouço gritos! Ouço vozes, quem é que me chama incessantemente. Não me lembro do por quê, e nem como vim parar aqui. Só me lembro de quem era e tinha — hoje não sou e também não tenho nada. Estou, com muita dor de cabeça. A Lembrança de minha Esposa e filhos e dos cômodos da casa construída por mim mesmo.

O Desespero toma conta; As Pernas estão bambas. Começo a gritar quero sair daqui! Por favor alguém me ajude! Subitamente, sou enrolado por uma camisa de força, sinto uma agulha perfurando A Pele. As Pessoas e suas vozes vão sumindo lentamente até que durmo.

Qual é O Preço da Vida? O Que esperar dela? Quem somos em meio a este Universo. “As pessoas podem fazer seus planos, porém é O Senhor Deus quem dá a última palavra”. (Provérbios16-1).

João Guanes: Jornalista e Acadêmico de Letras.

RECOMENDAMOS


O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS