Tempos atrás, quando houve um enorme terremoto no Tibé, a direção da Igreja Universal declarou que isso seria uma prova da chegada do fim do mundo.

Na verdade, esse tipo de declaração volta e meia é feita por diferentes líderes religiosos cristãos. Lembro de ter ouvido a mesma coisa logo após o tsunami que matou centenas de milhares de pessoas na Indonésia. Lembro também de uma conhecida pastora afirmando que Saddam Hussein seria a Besta descrita no Apocalipse, logo depois que ele invadiu o Kuwait, há mais de 20 anos atrás.

Os líderes religiosos fazem essas afirmações porque relacionam as desgraças ocorridas com os fatos catastróficos que deverão acontecer próximos do fim do mundo, conforme o relato do livro do Apocalipse. Por isso, toda vez que algo de muito ruim acontece, vem a declaração de alguém que o mundo vai acabar em breve.
Mas será que o mundo está mesmo para acabar? A resposta para essa pergunta é simplesmente: não sei. Não possível afirmar nada sobre isso.

Grandes catástrofes têm ocorrido desde o início da existência do mundo. Por exemplo, um meteorito caiu no atual território do México cerca de 60 milhões de anos atrás e seus efeitos nocivos destruíram muitas espécies de animais, inclusive os dinossauros. Erupções vulcânicas destruíram cidades – como Herculano e Pompéia (na Itália) – e terremotos arrasaram civilizações inteiras. Epidemias – como a peste bubônica – dizimaram populações de inúmeros países. E conflitos, como a Segunda Mundial, levaram centenas de milhões de pessoas à morte. E o mundo não acabou.

Em outras palavras, as catástrofes por si só não são indicadoras do final dos tempos. Elas têm ocorrido com regularidade na história da humanidade e continuarão a ocorrer. E o fato delas acontecerem, por si só, não prova nada.

E não podemos esquecer que a Bíblia é clara ao dizer que ninguém sabe quando o mundo vai acabar. Jesus disse que nem Ele sabia disso. Só Deus Pai conhece o dia e a hora certas (Mateus capítulo 24, versículos 36 a 39).

Jesus também disse que irá voltar num momento inesperado, da mesma forma como o ladrão ataca o incauto (Mateus capítulo 24, versículos 43 e 44). Ou seja, não haverá alerta para as pessoas.

Em conclusão, não sabemos quando o mundo irá acabar. E certamente não seremos avisados de quando isso vai acontecer. E não podemos concluir que a ocorrência de desastres catastróficos apontam que essa época está próxima. Eles já aconteceram muitas vezes e o mundo continua aí.

Com carinho

Fonte: Desafio de Ser Cristão

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS