O pastor Glen Berteau, sobreviveu à uma parada cardíaca e voltou à vida graças a oração de um enfermeiro e igrejas que se uniram em oração pela vida do pastor, depois que ele passou mal no estacionamento da igreja que ele lidera.

O pastor Glen e sua esposa, Deborah, estavam saindo da reunião de oração da igreja The House, que acontece todas às segundas-feiras. Na ocasião, os membros fizeram uma festa para celebrar os 67 anos de idade do líder.

Glen seguiu à frente de Deborah para o carro enquanto ela terminava uma conversa. Quando ela chegou logo depois, achou que o marido fingia dormir. “Glen gosta de brincar, então eu pensei que ele estava brincando comigo”, disse ela à AG News.

Deborah tentou acordar o marido, mas não teve respostas. Até que uma enfermeira com quase 25 anos de experiência, que também é frequenta a igreja, estava passando pelo estacionamento e resolveu se aproximar.

“Eu verifiquei o pulso dele; ele estava sem pulso. Eu sabia que ele estava morto”, disse Penny Greaves, uma enfermeira com quase 25 anos de experiência. “Determinamos que ele tinha passado dois ou três minutos assim. Eu imediatamente entrei em ação”.

Enquanto a enfermeira continuava com a reanimação, alguém confirmou que havia chamado uma ambulância, uma multidão de pessoas começou a se formar em oração.

A enfermeira relata que, por uma fração de segundo suas mãos saíram dele: “Eu olhei para cima e seus olhos começaram a tremer e ele respirou fundo. Ele levantou os braços e disse: ‘Oh, Deus!’ e respirou fundo”. Nunca vi nada parecido como enfermeira. Disse ela.

Enquanto Penny reanimava Glen, as pessoas continuavam orando em alta voz. As orações permaneceram até a chegada da ambulância. E logo, as pessoas estavam orando na igreja, na sala de espera, na capela do hospital e através das mídias sociais.

404brool 300x236 - Oração de enfermeiro traz pastor de volta à vida após parada cardíaca

Juan McKnight, um assistente de enfermagem do hospital da cidade de Modesto, soube do caso do pastor em um momento de intervalo, quando estava checando o Instagram. Nas redes sociais, o pedido de oração pelo pastor Glen estava viralizando.

McKnight começou a interceder por Glen e correu para a UTI, onde havia uma equipe de dez pessoas o socorrendo. “Eu não tinha nada para fazer naquele momento, então me coloquei ao lado de seu quarto e comecei a orar”, contou.

Enquanto orava, McKnight começou a escrever versículos em um bloco de anotações. “Eu assisti seus sinais vitais no monitor e, quando eles começavam a diminuir, eu começava a cantar a música Great Are You Lord (Grande És Tu, Senhor) e agradecer quando os sinais vitais voltaram ao normal”.

Finalmente, Glen foi levado para o quarto, e McKnight pegou as anotações e distribuiu por toda a sala. Mais tarde, ele colocou as anotações na sala de espera para incentivar os que estavam lá.

Para McKnight, era Deus e as orações quem estava mantendo Glen vivo. “Toda vez que eu passava pelo quarto dele e durante a noite eu orava por ele”, revela.

De acordo com o Dr. Manuel Canga, o pastor Glen “esteve fora por 40 minutos” e tinha poucas chances de sobrevivência. “Foi um milagre ele estar vivo”, reconhece o médico.

“Ele saiu do coma induzido como se nada tivesse acontecido – quando tudo indicava que ele deveria ter um dano cerebral. No mundo real, os rins dele não deveriam se recuperar, mas sou cristão e sou parcial em relação à oração. Todos os problemas, toda a negatividade foi retirada uma de cada vez e ele está se recuperando totalmente”, relata.

o Dr. Manuel disse: “Eu deveria estar nas Filipinas no casamento da minha sobrinha. Mas de repente eu senti que não queria ir, então não fui. Acredito que essa era a vontade de Deus que eu tinha que estar aqui para meu pastor.”

Enquanto o pastor esteve internado, Deborah conta que as orações eram ininterruptas na igreja.

“Estávamos constantemente orando, cantando sobre ele, adorando sobre a cama”, afirma. “Nós literalmente tivemos uma reunião de oração de 24 horas por uma semana, alguém sempre estava orando por ele”.

A recuperação de Glen tem sido milagrosa e ele está progredindo a uma taxa muito além das expectativas dos médicos. O pastor acredita que o propósito de Deus nesta situação não é apenas a cura, mas provocar um avivamento.

“Não sei dizer por que Deus me escolheu, não tenho a resposta para isso… Mas minha fé está em outro nível”, diz Glen. “Não há nada que Deus não possa fazer”.

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS