Luiz Antônio Azevedo tem 65 anos de idade e dedica todo o seu tempo para cuidar do filho. Seu filho, Danilo tem 36 anos e sofreu um acidente em 2002, deixando o acamado para sempre. Há 18 anos o pai vem se dedicando aos cuidados do filho, sem medir esforços, mas está pagando caro por isso, por ter perdido tudo que já havia conquistado.

Ao relembrar como tudo aconteceu, esse pai contou que estava com alguns amigos quando o telefone tocou e então foi informado que o filho desmaiou.

“Até hoje não sei o que ocorreu, mas ele teve anoxia cerebral (falta de oxigênio no cérebro que resulta em danos irreversíveis). Demorou apenas 11 minutos para chegar ao hospital e já chegou praticamente morto“, contou Luiz.

Danilo era estudante de jornalismo e viu sua vida mudar completamente. Ele foi levado para a UTI e ficou internado por mais de três meses, até que finalmente começou a reagir. Para o pai, não foi fácil conviver com aquela nova situação e ele precisou de alguns anos para aceitar tudo aquilo.

O rapaz pesava apenas 38 quilos quando recebeu alta hospitalar e passou a ser cuidado em casa, ele só conseguia interagir pelo olhar e também através de sorrisos. Luiz, que é divorciado, teve que se adaptar àquela nova rotina.

Ele contou que no princípio os amigos ajudavam, mas depois todos foram se afastando. E esse pai viu suas economias indo embora no tratamento do filho, precisou vender até o carro. Sem dinheiro para pagar o IPTU e o condomínio, o imóvel foi a leilão. Em 2019, o apartamento foi arrematado.

A ordem de despejo já foi dada e Luiz procura um lugar para ficar com o filho. Esse pai agora conta com uma vaquinha online para conseguir arrecadar fundo para uma casa onde possa continuar cuidando de Danilo.

Deixe-nos saber o que achou, porque sua opinião é muito importante para nós.

Fonte: Crianças Especiais

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS