Autoridades do país teriam dito que ajuda contra Covid-19 seria apenas para muçulmano

Cristãos paquistaneses foram excluídos da ajuda alimentar do governo local, dada em razão da pandemia de Covid-19, por conta da fé em Cristo. A denúncia vem de instituições como a International Christian Concern (ICC), que monitora a perseguição aos cristãos ao redor do mundo.

De acordo com a ICC, um pastor local, que não quis se identificar, confirmou que a situação aconteceu durante uma distribuição de alimentos feita em uma vila na cidade de Lahore, no sul do Paquistão.

Em um vídeo, um jovem cristão diz que tentou se aproximar da ação, mas a gerência pediu aos cristãos da vila que deixassem o complexo da mesquita porque a ajuda alimentar era destinada apenas a muçulmanos.

– E essa é a situação, então quais são os arranjos para os cristãos? Quem vai alimentá-los? Não somos cidadãos do mesmo país? – questiona o jovem.

O líder de uma ONG local criticou o fato e disse que os cristãos são vítimas de discriminação no país, mas que a situação piorou com a pandemia de Covid-19.

– Negar ajuda alimentar e discriminar cidadãos é crime. Os cristãos frequentemente enfrentam discriminação e são vítimas de ódio religioso. No entanto, a situação para os cristãos no meio da crise do Covid-19 é alarmante e piora – protestou.

O país asiático está em regime de bloqueio desde o dia 21 de março, por conta das tentativas de evitar a propagação da Covid-19. No entanto, esse bloqueio nacional afetou significativamente as comunidades pobres e vulneráveis ​​do país. Isso inclui as minorias religiosas do Paquistão.

Fonte: Pleno News

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS