Um novo texto tentaria reduzir os gastos para R$ 500 ou R$ 600 bilhões

A reforma da Previdência é uma das principais pautas para o governo de Jair Bolsonaro. O projeto enviado ao Congresso, e que atualmente está sendo debatido na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, pretende gerar economia de R$ 1 trilhão.

Mas segundo o jornalista Lauro Jardim, do O Globo, há um grupo de parlamentares preocupados em aprovar esta reforma e, assim, trazer investimentos aos país que venham a proporcionar a reeleição de Bolsonaro em 2022.

Para impedir que isso aconteça, esses parlamentares de “grande influência”, avaliam um outro texto de reforma que permitiriam economia de R$ 500 bilhões e R$ 600 bilhões. Ainda segundo o jornalista, a equipe econômica já teria uma reforma que enxugue os gastos do Tesouro em R$ 800 bilhões.

Fonte: Gospel Prime

RECOMENDAMOS



O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS