Fred Lunsford diz que estava pronto para o Senhor levá-lo para casa, mas Deus tinha planos diferentes para sua vida

Depois de pastorear 70 anos, lutar na Segunda Guerra Mundial e pregar em avivamentos em todo os EUA, Fred Lunsford, que está com 93 anos, diz que estava pronto para o Senhor levá-lo para casa, mas Deus tinha planos diferentes para sua vida.

O pastor Lunsford contou que o propósito que Deus estava começando a traçar um novo caminho que se expandiria muito além da cidade montanhosa de Marble, Carolina do Norte, onde ele viveu toda a sua vida.

O idoso disse que passava muitas horas todos os dias frequentando seu jardim de oração pessoal, que fica em uma montanha de sua propriedade, que ele chama de “Light House Mountain”.

Foram nesses períodos de oração, que Lunsford pedia a Deus que revelasse Seu propósito.

Ele conta que foi naquele jardim de oração, a três quilômetros de sua casa, que Deus lhe disse para começar a orar pelo reavivamento espiritual.

Lunsford disse que essas horas em oração o levaram a conceber um evento, marcado para 5 de maio, o qual já conta com mais de 100 mil pessoas unidas em oração por um avivamento global.

“Ele [Deus] estendeu meus anos por um motivo e queria que eu orasse pelo despertar espiritual e conseguisse o máximo de pessoas orando quanto eu pudesse [conseguir]”, disse Lunsford. “Deus falou em meu coração, e eu cedi a ele. Não sou eu; é o Senhor.”

Missão de orar

Nos dois anos seguintes, Lunsford disse a todos que podia sobre sua missão de orar pelo avivamento e acreditou que isso aconteceria. Durante esse período, Lunsford compartilhou seu testemunho em uma conferência em que David Horton, presidente da Fruitland Baptist Bible College em Hendersonville, Carolina do Norte, estava falando.

Horton, inspirado e impactado pelo testemunho de Lunsford, compartilhou a missão com outros pastores.

Os pastores foram passar um dia com Lunsford, orando com ele e ouvindo as maneiras pelas quais Deus havia impressionado o chamado ao avivamento.

Em 20 de janeiro de 2020, enquanto os homens estavam sentados dentro do veículo, Lunsford orou para que o despertar espiritual começasse e disse que, com a visita dos pastores, havia começado.

“Não sei como explicar o que aconteceu naquele dia”, disse o pastor Greg Mathis. “Nunca senti uma manifestação do Espírito de Deus como naquele veículo naquele dia.”

Nos dias seguintes Mathis disse que ele não conseguia tirar da cabeça a ideia do despertar espiritual. Ele e Lunsford começaram a planejar uma reunião de 100 pastores no topo da “Light House Mountain” para orar pelo reavivamento e despertar.

Rapidamente, mais de 100 pastores se transformaram em 200 que planejavam dedicar um dia a se reunir na montanha e, liderados por Lunsford, oravam para que Deus se movesse.

À medida que seus planos tomavam forma, a pandemia do Covid-19 começou a crescer. Os requisitos de distanciamento social deixaram claro para Mathis, Lunsford e outros envolvidos que reunir pessoalmente não era mais uma opção. Para Lunsford, aqueles 200 pastores que inicialmente se comprometeram com a ideia foram apenas faíscas para um movimento global.

“Por telefone, começamos a orar com Fred sobre o que mais Deus queria”, contou Mathis.

Lunsford disse que acreditava que nunca se tratava de reunir 200 pregadores no topo da montanha, mas que Deus estava chamando a atenção deles [para algo maior].

“Agora acredito que Deus quer que 10.000 pessoas de onde quer que estejam se juntem a mim naquela data, orando pelo despertar espiritual neste país”, disse Mathis, contando as palavras de Lunsford.

Decididos a orar

Deixando de lado 5 de maio para Lunsford ir sozinho à montanha para orar, com outros se juntando a ele em espírito, Mathis começou a procurar outros pastores da Carolina do Norte, pedindo que incentivassem suas congregações a se comprometerem com a oração.

A notícia do evento se espalhou, e logo Mathis e sua equipe viram mais de 100.000 indivíduos comprometidos em orar naquele dia.

No site da Igreja Batista de Mud Creek, a equipe de Mathis criou a página “Orando na Montanha”, chamando a atenção de todos para o evento. Com isso, o número de pessoas que se comprometem a orar aumentava a cada dia.

Mathis disse que toda a experiência confirmou sua crença de que Deus está trabalhando e a oração é poderosa.

“Isso me fez sentir que Deus realmente quer fazer alguma coisa”, disse Mathis. “Eu acho que Deus está dando um despertar espiritual através desta e de muitas outras coisas, muitas outras orações.”

Mathis disse que Deus está usando a Covid-19 para chamar as pessoas para si e chamar sua atenção. “Deus está fazendo algo e Deus está levando os corações dos cristãos a se unirem.”

Lunsford disse que a resposta foi mais do que ele esperava.

“Foi incrível como tudo aconteceu e o que aconteceu”, disse ele. “Está além da minha compreensão. Simplesmente não consigo entender. É tudo por causa da Sua graça. Sei que isso é de Deus, e no dia 5 de maio algo grande acontecerá”.

“Acredito sinceramente que Deus fará algo extraordinário, que chamará a atenção de pessoas de todo o mundo. Não sei o que é, mas acredito de todo o coração”, disse.

Lunsford disse que acredita que o dia de oração será o ponto de partida para algo maior no futuro.

“Acredito que Deus está se movendo e precisamos ouvir”, disse Lunsford.

A Igreja Batista de Mud Creek está montando um documentário sobre a vida e a missão de Lunsford, que estará disponível para visualização gratuita em 17 de maio.

Fonte: cpad news

 

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS