O caso aconteceu na Zâmbia, da África Oriental. O pastor Brighton Samajomba tinha apenas 37 anos e liderava a igreja Heaven Is My Home, no município de Solwezi.

Ele ainda conseguiu passar 20 dias no jejum, mas acabou perdendo a vida na madrugada antes de completar o 21º dia, segundo a família.

“Eu diria que ele faleceu de madrugada porque minha irmã e sua esposa estavam lá e revezavam para checá-lo, e então era hora de meu sogro checá-lo, ela estava com ele de acordo com ela até meia-noite; então ela decidiu descansar”, disse o irmão de Brighton Samajomba, Reagan Samajomba.

O pastor já havia realizado jejuns em outras ocasiões, com sucesso. Mas desta vez o resultado foi outro.

Na prática, o religioso não ficava completamente sem comida, mas sua única refeição era um prato modesto na hora do jantar.

“Quando ela acordou, eles tinham o costume de compartilhar os sonhos um com o outro. Então, ela sonhou com algo e queria contar ao marido… Mas enquanto ela tentava sacudi-lo, ele não estava respondendo e, por isso, foi levado às pressas para o hospital onde foi declarado morto na chegada. O único consolo que temos como família é a maneira como ele morreu porque estava no particular com o Senhor.”, contou o irmão do pastor.

RECOMENDAMOS


O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS