O apresentador morreu após cair de uma altura de 4 metros em sua casa nos Estados Unidos

O apresentador Gugu Liberato faleceu aos 60 anos depois de uma queda em sua casa nos Estados Unidos, onde morava em parte do ano, com sua esposa Rose e os filhos João Augusto, de 18 anos, e as gêmeas Marina e Sofia, de 15.

Gugu era muito querido, e seu falecimento repentina comoveu toda a nação brasileira. O pastor Lécio Dornas, que dirige a Comunidade Brasileira da First Baptiste Church of Windermere, em Orlando, na Flórida, frequentada por Rose di Matteo, viúva de Gugu Liberato fez algumas revelações surpreendente do dia do acidente.

O pastor contou que a esposa de Gugu ligou para ele antes do socorro chegar à casa da família no dia do acidente do apresentador.

“Ela me ligou pedindo oração, pedindo para a gente estar intercedendo diante de Deus, já muito nervosa, muito chorosa. Imediatamente começamos a orar por ela, que também escreveu nos grupos de oração da igreja pedindo que todo mundo estivesse orando porque ela já percebia que o acidente havia sido muito grave”.

O religioso revelou que conversa com Rose quase todo dia, através de mensagens e por áudio pelo WhatsApp. “A gente está sempre se comunicando, procurando transmitir a ela palavras de consolo e conforto. Hoje mesmo ministrei o coração dela o texto de Isaías 43, primeiros versos, onde Deus afirma o senhorio dEle, a proteção dEle, o cuidado dEle para conosco. Então a gente está sempre se falando. Esse é um momento na vida da pessoa em que a gente precisa estar aberto, orando, intercedendo e ajudando espiritualmente”, disse.

A viúva de Gugu Liberato é frequentadora assídua da igreja liderada pelo pastor Lécio Dornas, eles se conhecem há cerca de três anos quando ela passou a frequentar os cultos.

“Ela mostrou profundo interesse na mensagem e na palavra de Deus, em aprender mais das escrituras. E aí começou um relacionamento de pastor com ela, orientando-a, discipulando-a”, afirmou.

Lécio afirmou que Gugu não frequentava a igreja pois era católico praticante, apenas a esposa e os filhos. “Ele era muito respeitoso, mas preferia não frequentar. Ele era cristão, temente a Deus e estava sempre disposto a ouvir a palavra”, afirmou.

RECOMENDAMOS


O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS