Após envolver a religião na pandemia do coronavírus dizendo que quem tem Jesus não tem medo da morte, Andressa Urach voltou a usar a sua rede social para falar sobre a doença.

Na madrugada desta terça-feira (24), Urach criticou a postura adotada pelos governantes de estabelecer quarentena para evitar a contaminação ainda maior do Covid-19.

“Desculpa gente, mas sinceramente? Acho um absurdo tudo isso! As pessoas não vão morrer com o coronavírus, elas vão é passar fome, depois que várias pequenas empresas quebrarem e a consequência de toda essa paralisação é: milhões de desempregados e presídios mais cheios… daqui 60 dias vocês vão me dar razão!”, escreveu ela na web.

E continuou: “Principalmente você que certamente vai me criticar, mas depois de perder teu emprego, vai vir aqui para concordar comigo. Quem é rico é fácil, tem dinheiro guardado e pode estocar comida, mas quem vai sofrer com isso é o trabalhador! A conta de luz e água vai vir igual pra todo mundo pagar… e o trabalhador vai tirar de onde? O Brasil não tem estrutura para parar 60 dias!!!”.

Fonte: Isto É

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS