O isolamento social em Duque de Caxias (RJ) não exigiu o fechamento dos templos religiosos, e o prefeito da cidade declarou que a cura e solução para esse momento de crise virão das igrejas.

A declaração do prefeito Washington Reis (MDB) foi feita na companhia de seu irmão, deputado Rosenverg Reis (MDB) e de sua secretária de Desenvolvimento Econômico, Agricultura, Abastecimento e Pesca, Maria Landerleide de Assis Duarte (Republicanos), que é vereadora licenciada.

Segundo o jornal Extra, do Grupo Globo, a declaração do prefeito foi direcionada à Igreja Universal do Reino de Deus e demais denominações que atuam na cidade. O prefeito garantiu que, dentre as medidas de contenção da disseminação do Covid-19 que a prefeitura está adotando, o fechamento das igrejas não foi cogitado.

“Nossa orientação desde a primeira hora foi manter as igrejas abertas, porque a cura virá de lá, dos pés do Senhor. Nós vamos, se Deus quiser, orar, agora mesmo estou indo para o Monte, buscando que Duque de Caxias tenha a proteção de Deus”, disse o prefeito.

A administração do município fluminense informou que agentes de segurança estão orientando a população, principalmente os mais idosos, a ficarem em casa. Além disso, a assessoria de imprensa garantiu que a prefeitura suspendeu, por quinze dias, todas as feiras livres nos quatro distritos do município.

“Com relação aos templos religiosos, o prefeito Washington Reis tem a posição clara de que não irá interferir no funcionamento dos mesmos. Independentemente de religião, o prefeito ressalta que caberá aos líderes religiosos decidirem sobre o melhor a se fazer neste momento. A mesma decisão se aplica ao comércio de Duque de Caxias”, diz o comunicado que aborda as medidas de isolamento social.

“A pandemia é real e o município está atento aos acontecimentos. Um novo hospital foi comprado e, em breve, irá disponibilizar 100 leitos para o tratamento exclusivo de pacientes confirmados com a doença”, acrescentou o texto.

Fonte: Gospel +

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS