A crise financeira que atravessa os municípios de Minas Gerais deverá prejudicar a realização do Carnaval em várias cidades do Estado. A primeira cidade a anunciar oficialmente o cancelamento da festa é o município de Senhora dos Remédios.

Por meio de comunicado, a prefeitura Municipal de Senhora dos Remédios, informou que devido a crise financeira provocada pela retenção dos recursos devidos ao município por parte do Governo de Minas Gerais em 2018, num total de dois milhões e meio, não faremos as festividades de Carnaval.

“Entendemos que como estamos sem recursos, devemos focar nossos esforços em prioridades como saúde, educação e estradas, que são pontos principais que afetam todos os Remedienses”, diz o comunicado.

Conselheiro Lafaiete

Outra cidade que poderá cancelar o Carnaval é Conselheiro Lafaiete. Durante reunião com diretores da Lecal (Liga das Entidades Carnavalescas de Conselheiro Lafaiete) e representantes dos blocos, na terça-feira, 15/01, o secretário municipal de Cultura, Geraldo Lafayette apresentou as dificuldades de realizar a festa.

Reunião Lecal - Prefeitura de Senhora dos Remédios cancela Carnaval para priorizar Saúde, Educação e estradas

O secretário afirmou que este ano o município não fará nenhum repasse de verba para as entidades carnavalescas como ocorreu nos anos anteriores. Porém, o secretário deixou claro que a Lecal poderá realizar as atividades durante os dias de Carnaval caso estejam em condições e queiram organizar o desfile de blocos. “Dei um tempo para que eles (Lecal) se reúnam e tomem a decisão”, declarou Geraldo Lafayette

Entre as agremiações carnavalescas, apenas a Escola de Samba Unidos do São João manifestou interesse em realizar o desfile mesmo sem receber o recurso da prefeitura.

Fonte: Lafaiete Agora

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS