Acostumado a resgatar animais abandonados, ele ‘resgatou’ uma idosa de 83 anos: acamada, abaixo do peso, vivendo numa casa cheia de lixo e infestada por ratos.

À frente do Projeto Abrigo Escola, em São José dos Campos, no interior de São Paulo, o jovem protetor Esdras Andrade, 23 anos, se acostumou a resgatar animais abandonados e vítimas de maus-tratos, aliás, estamos com uma campanha de vaquinha para comprar o terreno do abrigo que ele quer construir, contribua aqui. Mas, em 2017, aconteceu algo inesperado: Esdras ‘resgatou’ a Dona Cida.

A idosa de 83 anos estava acamada, vivendo em condições insalubres, assim como seus animais de estimação. Através de denúncias de maus-tratos contra os bichinhos, Esdras conheceu Cidinha, e ficou arrasado com o que viu. Muita gente não fazia ideia, mas a idosa também precisava de cuidados.

Dona Cida estava abaixo do peso, com um ‘bolor’ na dentadura e até mesmo sarna nos braços. Havia lixo acumulado e entulho por todos os cantos da casa. A cama de Cidinha tinha urina, e tanto a geladeira quanto o banheiro estavam infestados por ratos. Cidinha ficava dias sem tomar banho. 😢

Como não tem filhos, dependia da ajuda de vizinhos, mas não era sempre que podia contar com essa ajuda. Esdras levou os animais para o abrigo e passou a ir à casa de Cidinha todos os dias, tentando convencê-la que não era bom ela ficar sozinha. Ele enviou um ofício para a prefeitura pedindo que levassem a idosa para um abrigo.

Porém, Esdras não poderia esperar a prefeitura atender o pedido. Depois de insistir muito, ele convenceu Cidinha a ir para sua casa. Ao mesmo tempo em que cuidavam da idosa, Esdras e voluntários do Projeto Abrigo Escola fizeram um mutirão de limpeza na casa de Cidinha. Também pintaram a casa, mas não havia a menor chance de Cidinha voltar.59216012 130518354785540 3416695440483497695 n 500x500 - Protetor de animais ‘resgata’ idosa que vivia em condições insalubres e a leva para própria casa...

“Foi uma luta até convencê-la. Ela dizia que não ficava sozinha, que os bichos subiam na cama, mas eram ratos. Então, eu a abracei como se fosse parte de mim, e fiz tudo o que pude por ela. Em casa, eu conseguia dar atenção pra ela 24 horas por dia”, disse Esdras em conversa com o Razões.

Esdras fazia de tudo pra facilitar a adaptação de Cidinha. Muito católica, Esdras decorou seu quarto com quadros religiosos, levava a idosa para a Igreja e colocava o DVD do Padre Marcelo Rossi para Cidinha assistir: ela adorava!

58410414 2359265387452622 8365106990227073371 n 545x681 - Protetor de animais ‘resgata’ idosa que vivia em condições insalubres e a leva para própria casa...

Foram 51 dias de muito amor e cuidado, até o asilo chamar Dona Cida. A despedida deixou saudades, mas Esdras visita Cidinha sempre que ele pode. “A minha vida é muito corrida, mas sempre que posso eu vou visitá-la. Sempre levo um cachorrinho, não só pra ela, mas também para os outros idosos.”

Fonte: Razões para Acreditar

RECOMENDAMOS


O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS