Este é um dos maiores equívocos que ouço com profecia. O arrebatamento e a segunda vinda são muitas vezes confusos, mas são dois eventos distintos na linha do tempo da profecia de Deus .

Primeiro, o arrebatamento é quando Cristo volta e pega todo cristão que ainda está nesta terra e ressuscita todos os que morreram e os leva para o céu com Ele. Paulo está falando sobre o arrebatamento em 1 Tessalonicenses 4: 16-17, onde escreve: “Porque o próprio Senhor descerá do céu com um grito, com a voz de um arcanjo e com a trombeta de Deus. E os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro. Então nós, que estamos vivos e permanecemos, seremos arrebatados com eles nas nuvens, para encontrar o Senhor nos ares. E assim estaremos sempre com o Senhor. ”

O arrebatamento é a proteção de Deus aos Seus santos da tribulação – os sete anos de julgamento que serão derramados na terra. Alguns argumentam que o período da tribulação começará antes do arrebatamento. No entanto, a Bíblia diz que “portanto, agora não há condenação para os que estão em Cristo Jesus” ( Romanos 8: 1 ), e acredito que a Igreja não experimentará o julgamento que Deus planejou para esse tempo.

Finalmente, no final dos sete anos, a Bíblia diz que Jesus volta. Esta é a sua segunda vinda. Desta vez, Ele veio à Terra não como uma criança humilde, mas como o poderoso e glorioso rei do universo, cercado por todos os seus santos. Ele obterá a vitória no Armagedom e estabelecerá Seu reino na terra.

Em resumo, aqui estão algumas diferenças sucintas a serem lembradas sobre os dois eventos:

No arrebatamento, Jesus vem pelos seus santos. Na Segunda Vinda, Ele vem com Seus santos.

No arrebatamento, Jesus não chega até a terra. Na Segunda Vinda, Seus pés tocam o Monte das Oliveiras e Ele reinará na Terra.

No arrebatamento, Jesus vem com uma bênção para Seus santos. Na Segunda Vinda, Ele traz julgamento para aqueles que O rejeitaram.

O arrebatamento pode acontecer a qualquer momento, mas sabemos que a Segunda Vinda acontece sete anos depois.

Dr. David Jeremiah

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS