Por: Douglas Junior Correa Guanes

Primeiramente esse artigo não tem a intenção de comparar todos os pastores! Sabemos que existem homens de Deus, comprometidos com o evangelho e sua igreja.

Mas como assim? A ajuda de custo do pastor é para manter um alto padrão de vida?

Essas é uma pergunta feita por muitos hoje, vemos membros indo apé para igreja, pagando aluguel em quanto os seus pastores prosperam, mais com um detalhe! Não trabalham, vivem da obra recebendo uma ajuda de custo da igreja. Como pode?

Sim eu sou a favor que todo pastor viva da obra, que tenha tempo integral para cuidar da igreja, porém esse salário não pode ser algo maior do que ele precisa para viver.

Vemos pastores que antes não tinha nada e hoje, andam em carros importados, os filhos estudam em colégio particular, as esposas usam roupas caras com perfumes de marcas conhecidas. O mais engraçado é que para ter um gabinete com eles, temos que esperar dias.

Se o pastor vive somente dá obra de Deus, ele não pode ter uma vida extravagante, suas despesas e vida não podem ser mais prósperas do que a igreja, os dízimos e ofertas tem como papel principal, mantar o templo e o serviço social da igreja. Se o seu pastor não tem um trabalho a parte da obra, e tem um alto padrão de vida, desconfie!

Não vale pena semear em um lugar onde não gerar bons frutos, o pastor pode sim ter um salário, porém essa ajuda não pode enriquecer ele e sua família.

RECOMENDAMOS



O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS