Por: Douglas Junior Correa Guanes

O homem bom tira coisas boas do bom tesouro do seu coração, e o homem mau tira coisas más do seu mau tesouro, porque a boca fala daquilo que o coração está cheio. (Lc 6, 45)

Tudo o que se fala vem do coração, e já sabemos que a palavra tem poder, e que através dela podemos abençoar ou amaldiçoar uma pessoa.

Quem fala palavões está jogando para fora, aquilo que está em seu coração, não existe nada de bonito em palavras vulgares,  mesmo que o sentido não seja de ofender, mas ninguém que realmente ama você, irá usar palavras constrangedoras em sua referência.

Devemos cuidar tudo o que pronunciamos, não sendo uma Maria vai com as outras, que repete como papagaios tudo o que ouvimos.

Falar palavrões não se trata de algo cultural, e sim de um desvio de caráter, que é expressada através da boca, ou até mesmo desabafada quando estamos nervosos.

Um cristão convertido nunca vai falar esses tipos de palavras, sabemos que tudo o que é ruim vem do diabo, e não é nem uma novidade que ele influência em tudo o que é pronunciado por aqueles, que se deixam ser usados por ele.

RECOMENDAMOS


O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS