Existem muitas razões para evitarmos a ansiedade.

Primeiro, a ansiedade vai contra as Escrituras. Em Mateus 6:25-34, Jesus diz três vezes na mesma passagem, “Não andeis ansiosos, não andeis ansiosos, não andeis ansiosos.” (ARA) Para nós que somos cristãos, afirmamos acreditar em Deus e em Seu Filho, Jesus; que Ele nos ama incondicionalmente e prometeu suprir nossas necessidades; e que Ele é um Deus que mantém a Sua Palavra. Então, se tudo isso for verdade, viver uma vida cheia de ansiedade não combina com quem somos como filhos de Deus. E devemos lidar com a ansiedade porque ela irá gerar todo tipo de desânimo e derrota em nossa vida.

Segundo, a ansiedade terá efeito negativo em todas as áreas da nossa vida. Há inúmeras maneiras de a ansiedade afetar negativamente nossa vida. Ao compreendê-las, você identificará melhor os estresses de sua vida e poderá ajudar outros a superarem os deles.

  • A ansiedade divide sua mente. A ansiedade é uma distração. Seu objetivo é puxá-lo em várias direções diferentes para que você não consiga se concentrar ou focar. E tudo aquilo que divide sua mente desvia sua atenção dos assuntos importantes e tira seu foco.
  • A ansiedade diminui sua produtividade. Não importa o que você estiver fazendo, se estiver ansioso, isso vai te atrapalhar. Se sua mente está divida e preocupada com a ansiedade, você não conseguirá dar total atenção e energia ao que deveria estar focado.
  • A ansiedade afeta seu relacionamento com outras pessoas. Todos conhecemos pessoas cheias de ansiedade. Cada vez que as vemos, elas descarregam em nós as coisas pelas quais andam ansiosas e preocupadas, nunca de fato resolvendo-as. Essa ansiedade contínua afeta o relacionamento delas com os outros ao redor – incluindo você.
  • A ansiedade leva a decisões insensatas. Quando a pessoa é ansiosa, ela tende a ser precipitada: “Se eu não fizer agora, posso perder;” “Se eu não me casar com ele agora, vou perdê-lo.” Pessoas tomam decisões insensatas porque são ansiosas sobre um futuro incerto e sobre perder oportunidades que podem não voltar. E sempre há consequências para quem vive desta maneira.

A ansiedade rouba sua paz e alegria. Você não pode ter alegria e estar cheio de ansiedade. Você não pode ter paz e estar cheio de ansiedade. Ter paz significa estar “unido”, enquanto ansiedade significa estar “dividido”. Então, você pode ter um ou outro – mas não pode experimentar os dois.

  • A ansiedade é um terrível desperdício de tempo e energia. Quando você está frustrado, ansioso e incerto sobre as coisas, não pode dar o seu melhor. Você sentirá que não está no seu melhor. E isso te levará a consequências verdadeiramente indesejáveis para sua vida.

Deus não nos quer vivendo uma vida cheia de ansiedade. Quando penso em todas as coisas que acabei de mencionar, não consigo me imaginar vivendo desta maneira. A ansiedade divide sua mente, desvia sua atenção, diminui sua produtividade, afeta seu relacionamento pessoal, leva a decisões insensatas, rouba sua alegria e paz, e demonstra ser uma perda de tempo e energia. Amigo, tudo o que me leva a isto, não quero na minha vida.

E eu prometo, você não vai querer na sua.

Fonte: Sociedade Bíblica do Brasil

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS