Toda mulher que é mãe, sabe como a carga de trabalho nunca tem fim!

Mães fazem coisas o tempo todo. Trabalham cuidando dos filhos e tudo que direta ou indiretamente diga respeito ao bem estar dos pequenos.

Nisso mãe assume os trabalhos para manter a casa em ordem, para dar à família uma alimentação saudável e nutritiva; mãe está sempre de olho nas questões de saúde de todos; é motorista; enfermeira; professora… tudo dentro de um horário de trabalho que nunca tem fim.

isso sem contar quando além de dar toda assistência aos filhos e a casa ela ainda tem que dar conta de trabalhar fora.

Com base em todas as tarefas que as mães desempenham no seu dia a dia, uma empresa britânica chamada ChildCare fez um estudo para ver qual seria o salário ideal de uma mulher que é mãe. Eles chegaram a conclusão que uma mãe deveria receber 108.837 libras por ano, o que equivale a cerca de 556 mil reais.

A empresa levou em consideração justamente o fato de mães não terem jornada de trabalho fixa. Mães trabalham todos os dias do ano, 24 horas por dia. Por mais que uma mãe esteja “descansando” é como se ela sempre estivesse de plantão, pronta para atender qualquer tipo de emergência.

A pesquisa também considerou todas aquelas tarefas da rotina do dia a dia como cozinhar: lavar, passar, dar banho, alimentar, contar histórias, fazer lição… enfim, inúmeras tarefas que praticamente nunca tem fim.

Esse salário fictício (que bem que poderia ser real, né gente?) é mais alto do que o salário de profissionais como médicos, advogados, engenheiros e outros mais que tem salários altos no mercado de trabalho.

Como sempre digo, trabalho de mãe (pai) é o mais importante do mundo e deveria sim ser valorizado através do lado financeiro e acima de tudo pela grande relevância que ele exerce no mundo.

Quando uma mãe educa uma criança, está educando e formando um novo mundo.

Fonte: Magicas de Mãe

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS