Um padre católico disse que todos os evangélicos irão para o inferno e queimarão com o diabo , expressões infelizes causadas pela rejeição da igreja evangélica no Brasil.

Durante uma missa na paróquia de San José, em Ribeirão Preto, São Paulo, o padre Moisés Carlos gerou polêmica com suas declarações ofensivas contra os evangélicos , dizendo que ” não há perdão para eles “.

As pessoas presentes à missa dizem que o padre ficou muito chateado , porque os evangélicos sempre dizem que Maria não salva e que o culto a Maria é um pecado , por isso os religiosos falaram durante a missa dizendo que”Todos os evangélicos irão para o inferno e queimarão com o diabo.”

Após essas declarações, o padre católico recebeu várias respostas de rejeição a essas expressões de alguns evangélicos nas redes sociais. O padre então pediu perdão e afirmou que, mesmo pedindo perdão, ele ainda está muito zangado com os evangélicos.

A mídia brasileira tentou entrar em contato com um padre , mas o secretário de imprensa da Igreja Católica do Brasil disse que Moisés Carlos já pediu perdão e não precisa mais se pronunciar sobre os fatos.

O conselheiro reconheceu que o padre exagerou em suas palavras , mas ainda disse que concorda com ele.

Há algum tempo, um padre mexicano disse que a Virgem Maria não salva nem realiza milagres , posição contrária à tradição católica de venerar imagens e Maria.

Fonte: EventCristiano.Net

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS