Por: No Secreto

“Examinem-se para ver se vocês estão na fé; provem a vocês mesmos. Não percebem que Cristo Jesus está em vocês? A não ser que tenham sido reprovados.

E espero que saibam que nós não fomos reprovados. Agora, oramos a Deus para que vocês não pratiquem mal algum. Não para que os outros vejam que temos sido aprovados, mas para que vocês façam o que é certo, embora pareça que tenhamos falhado.” (2Co 13.5 -8)

Deus sempre se preocupou com a motivação das nossas ações.

No antigo testamento vemos diversas leis a respeito de sacrifícios e de cuidados com o corpo e com o templo. Porém Deus nunca quis que a obediência a essas leis fosse mecânica e motivada apenas pelo fato de serem leis.

Ele queria que através da obediência, o povo de Israel adorasse a Deus de todo o coração. Desde o antigo testamento, Deus se preocupa com o nosso interior e para que nossa adoração seja verdadeira (Joel 2.13). No novo testamento esse cuidado contínua (Mt 5.28; 1 Jo 3.15)

Então, o que importa não é apenas o que fazemos, mas sim o porquê fazemos. Ao responder à pergunta, você pode até se enganar, porém não engana a Deus. Ele conhece o mais profundo da nossa alma; Ele nos criou e conhece até aquilo que não conhecemos de nós mesmos. Deus não pode ser enganado, se achamos que O enganamos, apenas trapaceamos a nós mesmo com uma santidade e espiritualidade falsa.

Que possamos reconhecer quando nossas ações são motivadas por um desejo de inflar nosso ego e consigamos pedir perdão por isso.

Nenhum pecado fica sem perdão quando confessado sinceramente a Deus. Busquemos, pois, examinar o nosso coração e perceber o que motiva nossos atos. E que a nossa oração seja para esvaziarmos de nós mesmos, buscando apenas uma motivação: a de glorificar Cristo e fazê-lo conhecido para todos a nossa volta. Deus tudo vê, Deus tudo conhece, até mesmo a profundeza de nosso ser. “…,Mas Deus o revelou a nós por meio do Espírito. O Espírito sonda todas as coisas, até mesmo as coisas mais profundas de Deus. Pois, quem dentre os homens conhece as coisas do homem, a não ser o espírito do homem que nele está? Da mesma forma, ninguém conhece as coisas de Deus, a não ser o Espírito de Deus. ” (1Co 2:10-11)

10 - UMA VIDA BEM DIRECIONADA

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS