Toda semana, voluntários levam a mensagem de Cristo para aldeias da tribo xavante, composta por mais de 18,2 mil pessoas.

Atualmente, a população indígena xavante no Brasil soma mais de 18,2 mil indivíduos espalhados por 12 terras indígenas no Mato Grosso. É nessa região que o trabalho missionário tem visto muitos frutos.

Nas aldeias da tribo xavante, onde habitam mais de cinco mil indígenas, os nativos tem ouvido a mensagem do Evangelho toda semana, resultando em conversões e batismos.

“Semanalmente, saio da cidade de Barra do Garças e vou até as aldeias, percorrendo mais de 600 quilômetros. Apesar da distância, é muito gratificante. É um povo de muita fé e que aceita o Senhor Jesus como Salvador com muita alegria”, disse o pastor Adão dos Santos Silva, responsável pelo grupo de Evangelização da Universal (EVG) no local.

“Hoje são em torno de mil batizados e mais de dois mil evangelizados”, destacou o pastor.

Além da distância, os voluntários enfrentam dificuldades de locomoção. “O acesso é difícil, ainda mais neste período de chuvas, por conta da lama nas estradas. Fora isso, os recursos são mínimos, como, por exemplo, se quebrar o carro. Além disso, existem outras dificuldades para chegar ao local”, contou o pastor Adão.

Enfrentar as dificuldades tem valido a pena — os xavantes costumam demonstrar alegria em receber os voluntários e a mensagem de Deus. “Aproveitamos para mostrar que a Palavra fortalece, os voluntários conscientizaram a todos quanto a importância do batismo nas águas e do encontro com Deus. Mostramos também que assim que nasce a sede de conhecer a Deus, por meio do Espírito Santo”, disse o pastor.

O trabalho evangelístico realizado com os índios no Mato Grosso já acontece desde 2017. Além de ensinar sobre a Bíblia, os voluntários levam remédios, roupas, cobertores e alimentos, pois há muitas crianças desnutridas nas aldeias.

capture 20200402 165832 300x146 - Universal batiza mais de mil indígenas

“Muitos deles não entendem a língua, mas ficam atentos ao que falamos e com a ajuda do intérprete conseguimos nos comunicar, levar a Palavra do nosso Senhor. Graças a Deus, muitos se batizaram e se renderam a Jesus”, comentou o bispo Lindomar Santos.

“Continuaremos firmes no nosso foco, que é povoar o Reino dos Céus, sem se importar com raça, etnia ou classe social. O Evangelho é para todos. Ainda há muito para ser feito, mas vamos avante ganhando almas para o nosso Deus”, finalizou.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO PORTAL UNIVERSAL

O Leão de Judá
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. Judá é um leãozinho. (g49:8)

COMENTÁRIOS